Postado em 27 de Fevereiro de 2019 às 11h11

Julgamento do caso Indiamara Moura deve seguir até a noite

Jovem foi morta pelo ex-companheiro, em março de 2018. Nesta quarta-feira, acontece o júri popular do réu Nain Dewites. 

Por Joimara S.Camilotti 

Xanxerê – Iniciou por volta das 9horas desta quarta-feira, 27, o júri popular do acusado da morte de Indiamara Aparecida Moura, 22 anos, Nain Dewites, de 32 anos, ocorrido no dia 26 de março de 2018, quando a vítima chegava para uma aula em uma escola profissionalizante de Xanxerê.

Dewites, ex-companheiro de Indiamara a matou com golpes de faca, respondendo por feminicidio, motivo torpe e sem defesa a vítima. A previsão é que o júri só obtenha um veredito por volta das 22horas, desta quarta-feira. O julgamento acontece no anfiteatro da Unoesc, sob forte segurança policial. 

Conforme o advogado de defesa de Dewites, Odilo Hilário Lermen, que atua na área criminal da Comarca de São Miguel do Oeste, há 42 anos, ele sustentará a não existência do crime de feminicidio, buscando ainda a retirada de dois agravantes. Lermen sustenta que o fato não se enquadra como feminicídio devido o casal já estar separado e vai pleitear a diminuição da pena do réu. 

Para o julgamento foram convocados 30 jurados, dos quais sete nomes serão sorteados e que após a explanação da defesa, promotoria e testemunhas, irão responder um questionário o que baseará a sentença do réu que será proferida pela juíza Mariana Helena Cassol.

Para a Promotora de Justiça Ana Cristina Boni, o Ministério Público acredita que a sessão será tranquila e que a decisão dos jurados vai ser de acordo com o que o MP tem sustentado. “A nossa expectativa é que os trabalhos sigam até a noite por volta das 22horas concluindo os trabalhos e o MP sustenta a acusação de homicídio triplamente qualificado”.

(fotos – Aline Tonello/Franciele Correa/TSX)

Veja também

TRE-SC julga improcedente ação que pedia cassação de Chico Folle e Ide Sorgatto13/07 O TRE - Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina julgou improcedente a ação movida pela coligação de Adriano Bortolanza (PSD) e Ivo Silveira (PP) contra o prefeito de Xaxim, Chico Folle (MDB) e Ideraldo Sorgatto (MDB) nesta terça feira (13). A ação alegava abuso de poder econômico e compra de votos nas eleições municipais de 2020. O......
Vargeão lança programação do “Setembro Cultural”19/08/19 Um mês repleto de atividades desenvolvidas a estudantes e comunidade em geral pelo Governo Municipal de Vargeão, assim será o Setembro Cultural. Promovido através da Secretaria de Cultura e Secretaria de Educação, o......
Esmeraldino assume Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável02/01/19 Debruçados sobre os programas e ações da Secretária há pelo menos 25 dias, desde que foi convidado a assumir o cargo, Esmeraldino e sua equipe mapearam os principais pontos fortes e definiram estratégias que......

Voltar para Cidades