Postado em 22 de Março de 2019 às 14h25

Saretta quer alterar lei que limita distância entre escola e casa do estudante

Um documento com o mesmo objetivo já havia sido encaminhado ao Governo no ano passado, porém nada foi feito 

Florianópolis - Conforme relata o deputado Neodi Saretta, muitos municípios estão encontrando impedimentos para realizar o transporte escolar para todos os alunos, devido uma restrição de distância encontrada na Lei Complementar nº 482, de 04 de janeiro de 2010, que dispõe sobre a limitação da distância percorrida entre a residência do estudante até a unidade escolar. Buscando a garantia do transporte a todos os estudantes, Saretta enviou, ao Governador do Estado, uma nova solicitação para alteração da lei. Um documento com o mesmo objetivo já havia sido encaminhado ao Governo no ano passado, porém nada foi feito “A mudança é necessária, pois só assim será assegurado o atendimento do transporte público para os estudantes da rede pública estadual de ensino, conforme prevê a legislação federal”, aponta o deputado.

Saretta explica que o Estatuto da Criança e do Adolescente determina que o Estado assegure o acesso da criança e do adolescente no ensino regular garantindo, inclusive, o atendimento através de programas de transporte escolar. Para ele é fundamental mudar a lei para garantir o transporte, independente da distância entre a residência e a instituição de ensino.

Veja também

Vice-governadora recebe balanço de ações em defesa da Mulher28/05/19 Mais de 120 municípios catarinenses marcaram presença nas Rodas de Conversa realizadas para as regiões de Itajaí, Chapecó, Criciúma e Lages, pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher, em parceria com a Federação Catarinense de Municípios (FECAM). O número......
STJ julga hoje habeas corpus de Michel Temer14/05/19 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil O Superior Tribunal de Justiça (STJ) julga hoje (14) pedido de habeas corpus feito pela defesa do ex-presidente Michel Temer. O caso será analisado, a partir das 14h, pela Sexta Turma do......

Voltar para Política