Postado em 08 de Fevereiro às 09h57

Pré-candidato a prefeito de Xanxerê, tucano mostra-se conhecedor das necessidades do município e como resolvê-las

Em Xanxerê, o primeiro nome apresentado como pré-candidato a prefeito, foi do então vereador por dois mandatos, Wilson Martins dos Santos. 

Por: Joimara S.Camilotti

Xanxerê – Ainda faltam meses para que os municípios engrenem um novo período eleitoral ,porém, é inevitável que os partidos e pré-candidatos não iniciem seus trabalhos com antecedência, até mesmo para sentir como os nomes estão sendo recebidos. 

Em Xanxerê, o primeiro nome apresentado como pré-candidato a prefeito, foi do então vereador por dois mandatos, Wilson Martins dos Santos. Filiado no PSDB, o vereador é oposição a tudo o que vier em desacordo com questões que envolvam a sociedade. Polêmico seja por várias viagens pelo legislativo, o pré-candidato se diz preparado para ocupar um patamar mais alto na política. 

Acompanhe o Direto ao Ponto de hoje, e saiba o que pensa o pré-candidato:


Porque resolveu deixar seu nome a disposição do partido para o cargo de prefeito?
Martins dos Santos: Já viemos trabalhando, fazendo toda uma pesquisa para conhecer todas as potencialidades do município, as necessidades e acho que agora estamos preparados para assumir mais esse desafio. Colocamos o nome a disposição do partido já para disputar a prefeitura na próxima eleição, justamente por entender que estamos prontos para trabalhar e assumir mais esse desafio.

Como estão as tratativas e nominatas dentro do PSDB?
Martins dos Santos: Agora estamos trabalhando junto com o partido fazendo a construção de uma nominata de vereadores. Hoje nós teríamos uma nominata completa fazendo uma construção da base e entendemos que nada deve ser imposto, deve ser dialogado de forma consensual, lógico eu quero ser prefeito, mas não é só porque eu quero que o partido vai ter que engolir goela baixo. Dentre as possibilidades, a gente vai apresentar o plano de governo que a gente já vem construindo ao longo destes dois mandatos, verificando aquilo que deu certo no nosso município, aquilo esta dando certo em Santa Catarina, tudo o que tiver de alternativa inteligente, eficiente que possa melhorar a condição do nosso município a gente vai integrar neste plano de governo.

No seu ponto de vista, qual seria o principal gargalo de Xanxerê?
Martins dos Santos: Hoje avaliando a realidade do município a gente percebe que o orçamento que o município dispõe é pequeno para as necessidades que o município apresenta, então, como fazer para incrementar o orçamento do município? Não podemos estar criando impostos para onerar a comunidade que já sofre com problemas de saúde, dificuldade de emprego, renda. 

E como melhorar essa situação?
Martins dos Santos: Nós temos que tornar Xanxerê atrativa para investimentos, para incrementar no setor produtivo naquilo que o município tem uma grande oportunidade que é o agronegócio, nós temos que explorar esse segmento, temos que agregar valor a essa produção. Hoje o município de toda a sua renda, 70% dela vem do agronegócio e dessa produção muito pouco é industrializado, recebe o valor adicionado aqui no munícipio, hoje o município tem uma arrecadação muito pequena porque se paga apenas o Funrural sobre essa produção. Nós precisamos fazer com que o município receba o ICMS. Temos que criar mecanismos para que o município tenha sustentabilidade, trabalhar com uma gestão enxuta, otimizando o servidor de carreira, fazendo uma contenção de despesas necessárias, vai ter que fazer uma junção de secretarias para amenizar as despesas. São ideias como estas que a gente vem apresentando para o nosso partido e daqui para frente vamos na buscar de parcerias, de coligações com outras siglas que tenham princípios similares. Temos trabalhar com visa ode abertura não governo ditatorial, para trabalhar com capacidade de crescimento.
 

Veja também

Direto ao Ponto: "Santa catarina precisa ser moderna para atrair os empreendedores27/11/18 Por Joimara S.Camilotti O deputado eleito com 38.554 dos votos, Jair Miotto (PSC) tem formação em Administração, Ciências Políticas e Teologia. É pastor, palestrante e já publicou livros sobre cidadania e administração. Entre os anos de 2004 e 2008 atuou como vereador em Florianópolis. Na eleição de 2014, buscou uma vaga......
Lula deve ser solto amanhã. Entenda19/12/18 Decisão do ministro Marco Aurélio Mello atende pedido do PCdoB...

Voltar para Política