Postado em 29 de Janeiro às 09h38

Governador Moisés recebe visita oficial do cônsul-geral da Itália

Durante a reunião, na Casa d'Agronômica, destacou-se uma série de oportunidades que podem alavancar negócios no setor turístico, em Infraestrutura e na Educação, com o incentivo ao ensino do idioma italiano.

Florianópolis - Parcerias que possam fortalecer a contribuição econômica e cultural e o intercâmbio de boas experiências entre Santa Catarina e a Itália foram discutidas, pelo governador Carlos Moisés e o cônsul-geral da Itália, Raffaele Festa. Durante a reunião, na Casa d'Agronômica, destacou-se uma série de oportunidades que podem alavancar negócios no setor turístico, em Infraestrutura e na Educação, com o incentivo ao ensino do idioma italiano.


Os secretários de Estado da Educação, Natalino Uggioni, do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino, e da Comunicação, Ricardo Dias, além do cônsul-honorário da Itália em Florianópolis, Attílio Colitti, participaram do encontro.


“O intercâmbio é fundamental, mas queremos ir além e atrair investidores para construírem e produzirem aqui também”, disse Moisés.


A forte presença da imigração italiana em Santa Catarina é um atrativo a mais para consolidar as parcerias. Conforme o cônsul, a Itália tem boas propostas para apresentar nas áreas da saúde básica, na capacitação dos agentes de Segurança Pública, na área da Tecnologia e do Turismo. “Queremos fortalecer cada vez mais esse intercâmbio”, reforçou Festa.


No primeiro encontro entre as autoridades, a possibilidade de instalar uma sede do consulado em Santa Catarina foi discutida. A ideia deve ser aprofundada oportunamente. O cônsul lembrou que, enquanto isso, os serviços do consulado de Curitiba já são prestados de forma descentralizada em pelo menos 11 cidades catarinenses, entre elas Joinville, Florianópolis, Blumenau e Chapecó.

Veja também

Voltar para Política