Postado em 03 de Dezembro de 2018 às 16h12

Governador eleito Carlos Moisés apresenta nova estrutura do governo de SC

ADRs extintas e 10 secretarias de estado. Confira as novidades

O governador eleito Carlos Moisés da Silva (PSL) apresentou à imprensa na tarde desta segunda-feira a nova estrutura que o governo do Estado terá depois da reforma administrativa, que será encaminhada à Assembleia Legislativa em 2019.

Depois de confirmar a extinção de todas as Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs), Moisés anunciou que o Estado terá 10 secretarias principais: Fazenda, Administração Prisional, Desenvolvimento Sustentável, Administração, Educação, Segurança Pública, Agricultura e Pesca, Saúde, Desenvolvimento Social e Infraestrutura e Mobilidade.
O governador eleito divulgou os primeiros quatro secretários definidos para a nova gestão. Dois deles permanecem: Paulo Eli na Fazenda e Leandro Lima na Administração Prisional, que terá as mesmas atribuições da pasta hoje denominada Justiça e Cidadania. As novidades são Jorge Eduardo Tasca na Administração e Helton de Souza Zeferino na Saúde.

Quanto à Segurança Pública, Moisés informou que a secretária não deve ter um secretário único. A ideia é que os chefes das quatro subdivisões da segurança _ IGP, Polícia Civil, Polícia e Corpo de Bombeiros _ formem um Conselho Permanente da Segurança Pública e que cada um deles ocupe a presidência desse grupo por um ano ao longo do mandato, sendo o responsável por coordenar os trabalhos da pasta.

*Fonte: Diário Catarinense

Veja também

Deputados incluem mel na cesta básica28/05 Foi aprovada nesta semana na Assembleia Legislativa a emenda do deputado estadual Altair Silva (Progressistas) ao projeto de lei 29/2019, de autoria do governo do Estado, que inclui o mel na relação de mercadorias que compõem a cesta básica de Santa Catarina. O Projeto de Lei nº 29/2019, que altera a Lei nº 10.297/1996, modificando a legislação do ICMS, foi......

Voltar para Política