Postado em 15 de Fevereiro às 09h48

Com nome a disposição, vereador do PT afirma que Xanxerê não precisa de ações eleitoreiras

Seguindo a linha do diagnóstico de nomes que integram o cenário político na disputa pela Prefeitura do município, o vereador Adriano De Martini (PT) está na lista.

Por Joimara S.Camilotti

Xanxerê – Seguindo a linha do diagnóstico de nomes que integram o cenário político na disputa pela Prefeitura do município, o vereador Adriano De Martini (PT) está na lista. O jovem é um dos destaques dentro do partido, com um vasto trabalho na ala da juventude, pastoral, além de ter tido um grande desempenho na sua primeira disputa a deputado estadual. O vereador já deixou seu nome a disposição e é uma das apostas do PT, que ainda conta com ao menos dois outros nomes que também já demonstraram trabalho e propostas para melhorar a Capital do Milho.

Como está o PT no município após as eleições estaduais e seu nome para o pleito municipal?
De Martini: O Partido dos Trabalhadores está unificado e forte em Xanxerê. Fizemos uma votação expressiva nas últimas eleições. Meu nome, naturalmente, aparece entre os cotados para concorrer na chapa majoritária. Eu estou à disposição do partido e da população xanxerense, assim como fiz para o pleito de 2018, com muita tranquilidade e coragem. Mas o que me deixa mais empolgado é o fato do partido ter outros bons nomes, que também surgem naturalmente, como o Tiecher e o Professor Alessandro, isso nos credencia para liderar um bom projeto e apresentar a população nas eleições de 2020. Por enquanto, sigo focado no nosso mandato de vereador, fazendo o possível para melhorar a vida das pessoas a partir do papel e espaço que ocupamos hoje. Os nomes para 2020 serão discutidos a partir da análise do partido e da vontade do povo xanxerense.

Como o partido observa o cenário local e como pretende atuar?
De Martini: O partido percebe que é o momento que não dá mais para esperar ações concretas. As obras e projetos precisam sair do papel. Nós estamos fazendo a nossa parte e trazendo recursos para o município, como nas emendas apresentadas no ano passado, quando assumi a prefeitura e que deverão beneficiar nove entidades e comunidades, mas agora a efetividade disso não depende mais só do Partido dos Trabalhadores. Temos a consciência de nosso papel importante no município de Xanxerê e vamos seguir trabalhando muito e exigindo resultados. Nos dois anos em que estivemos na presidência do legislativo municipal fizemos muito em termos de gestão, fomos reconhecidos por isso e é isso que esperamos também de outras esferas, muito trabalho!

Quais as principais bandeiras a serem defendidas por Xanxerê
De Martini: Nós temos pautas que insistem em não serem superadas. Em 2017, por exemplo, quando fui presidente da Câmara, destinamos 600 mil reais para a aquisição de um marroeiro para melhorarmos a situação das estradas do interior e dos bairros, que foi uma bandeira muito forte na nossa campanha. Também destinamos 80 mil reais de recursos da Câmara para zerar a fila de mamografia e contribuir na saúde, em parceria e diálogo com a secretária Irene, que vem apresentando bom trabalho, além das emendas que conseguimos junto a nossos deputados federais. Em 2018, quando o companheiro Tiecher foi presidente, a Câmara destinou recursos para a compra de um caminhão para realizar melhorias na iluminação pública, neste ano o caminhão começou a operar e esperamos obter bons resultados, pois isso também é uma reclamação constante das pessoas com quem conversamos. Xanxerê é uma cidade com muitos potenciais, mas precisamos pensá-la para longo prazo. Não dá para realizarmos ações apenas eleitoreiras, precisamos de gestos que perdurem e é isso que o PT propõe. Vamos continuar acompanhando essas pautas, além de ficarmos muito atentos a questão da geração de emprego e renda, pois há um grande número de desempregados, especialmente jovens no município.

Sua expressiva votação no cenário estadual lhe chancelou para disputas grandes, como você vê isso?
De Martini: Nossa votação aconteceu a partir de um grande ideal e projeto coletivo. Pessoas de 253 municípios do estado de Santa Catarina depositaram sua confiança naquilo que o meu nome representava, que era a renovação, a defesa das pautas da classe trabalhadora, da agricultura familiar e da juventude. Com isso conseguimos uma experiência muito importante para enfrentar qualquer pleito eleitoral, em qualquer posição, desde que seja coletivamente, a partir da vontade do partido e povo xanxerense.

Veja também

Mourão diz que volta para a praia se impeachment prosperar18/04 Foto: Dida Sampaio / Estadão O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, classificou nesta quinta-feira, 18, como uma "bobagem" o pedido de impeachment dele protocolado pelo deputado Marco Feliciano (Podemos-SP). Acusado de conspirar contra o presidente Jair Bolsonaro. "Se prosperar, eu volto para a praia", disse Mourão, na saída da......
Vice-governadora recebe balanço de ações em defesa da Mulher28/05 Mais de 120 municípios catarinenses marcaram presença nas Rodas de Conversa realizadas para as regiões de Itajaí, Chapecó, Criciúma e Lages, pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e......

Voltar para Política