Postado em 30 de Maio às 10h34

Bolsonaro: MP 871 vai gerar economia estimada em R$ 10 bi por ano

Portal DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30), em sua conta no Twitter, que a Medida Provisória (MP) 871, que...

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (30), em sua conta no Twitter, que a Medida Provisória (MP) 871, que combate fraudes no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), deve gerar uma economia estimada em R$ 10 bilhões por ano. "O Brasil segue avançando", afirma o presidente. A MP foi aprovada na Câmara na madrugada de hoje. O Senado já marcou para esta quinta-feira a votação da matéria, que perde a validade na segunda (3).

Em seu twitter ele disse: "BRASIL SEGUE AVANÇANDO! Aprovada na Câmara a MP 871, que combate fraudes no INSS. Economia estimada de R$ 10 bilhões por ano com a aplicação da medida. Matéria irá para votação no Senado nesta quinta, 30".


A Medida Provisória 871 cria um programa de revisão de benefícios do INSS, exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão apenas aos casos de pena em regime fechado. (Agência Brasil)

Veja também

Prefeito de Marema transmite cargo para o Vice18/01 Adilson Barella destacou que “o vice foi um grande parceiro de campanha e que essa é uma forma de dar oportunidade para que ele também possa estar à frente do governo municipal, atendendo aos anseios da população"....
Projeto de Lei da deputada Geovania de Sá é aprovado no Senado10/05 Filhos ou dependentes de mulheres vítimas de violência doméstica terão vaga garantida em escolas de educação básica mais próximas de onde moram. É o que prevê o PL 1.619/2019, de autoria da......
Peninha pede a suspensão da troca de placas para o padrão Mercosul30/04 Insatisfeito com as alterações impostas pela nova resolução adotada para que todos os veículos brasileiros tenham placas no padrão Mercosul, o deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (MDB) deve se......

Voltar para Política