Postado em 13 de Agosto de 2019 às 10h29

Xaxinense morta em Luxemburgo retornaria para o Brasil

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina De acordo com uma entrevista do NDMais com a irmã de Dione Streckert, a xaxinense que foi assassinada em Luxemburgo, na Europa, ela morreu porque queria retornar ao...

De acordo com uma entrevista do NDMais com a irmã de Dione Streckert, a xaxinense que foi assassinada em Luxemburgo, na Europa, ela morreu porque queria retornar ao Brasil e o companheiro não aceitava. “Ele não queria que ela viesse nos visitar. Ele não aceitava!”, disse a irmã Izabella em entrevista ao portal NDMais.

A vítima estava de viagem marcada para o Brasil. Ela pensava em se aposentar e viver em Treze Tílias. “Estava tudo programado para ir buscá-la depois de amanhã”, ressaltou Izabella.

Apesar de ter nascido em Xaxim, Dione se mudou ainda pequena com a família para Treze Tílias. Lá ela casou e com aproximadamente 40 anos foi morar na Europa. Em Luxemburgo ela conheceu o portugues com quem vivia há oito anos.


Fonte: NDMais
Foto: Reprodução Facebook

Veja também

Homem é preso no Oeste tentando passar notas falsas em festa comunitária22/04/19 Segundo reportagem da Rádio Atual, um homem foi detido pela Polícia Militar de Concórdia depois de ter sido apontado como autor do repasse de notas falsificadas. O homem teria repassado o dinheiro em um evento na comunidade de Santo......
PM de Chapecó prende foragido da Penitenciária Agrícola15/05/19 Na tarde de ontem, 14, a Polícia Militar de Chapecó recapturou um foragido do sistema prisional e encaminhou o mesmo à devida unidade prisional, em Chapecó, para cumprimento de sua pena. Como foi a ação? A......

Voltar para Polícia