Postado em 27 de Março às 10h18

Polícia Civil faz apreensão de LSD pela primeira vez em Xaxim

Mãe e filho foram presos em flagrante por tráfico de drogas

Xaxim - A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia da Fronteira da Comarca de Xaxim (DPCO-FRON/XAXIM), com apoio do Canil da Polícia Civil de São Lourenço do Oeste, realizaram uma operação no início da tarde de terça-feira (16) no Bairro Chagas, na cidade de Xaxim, dando cumprimento a um mandado de busca e apreensão referente a uma investigação de combate ao tráfico de droga.

Durante o cumprimento da ordem judicial, os policiais civis com auxílio do cão farejador localizaram cocaína e LSD exatamente no local (embaixo de uma casa abandonada poucos metros da residência dos conduzidos) onde já havia informações de que os suspeitos guardavam as drogas, justamente no intuito de dificultar o trabalho policial.

Diante da situação, a mulher T.R.F (50 anos), natural de Vargeão e seu filho L.F.B (20 anos), natural de Florianópolis, foram presos em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas, já que além de cocaína e LSD, na chegada dos policiais civis, o conduzido tentou se evadir e acabou dispensando um papelote de maconha e, em revista pessoal, foi encontrado e apreendido com ele, a importância de R$ 1.075,00. Também foram apreendidos telefones celulares, uma televisão e um aparelho automático de som, para ser verificado se possuem procedência lícita. 

Segundo os delegados de Polícia da Comarca de Xaxim Gustavo Oliveira Altemar e Fernando Callfass, o combate ao crime de tráfico de drogas é uma prioridade há muito tempo da Polícia Civil, sendo que as ações de investigação, bem como apreensão de drogas e prisão dos traficantes vão continuar de maneira intensa.

O LSD é uma das substâncias químicas mais potentes que altera o humor. É obtido a partir do ácido lisérgico. É produzido na forma de cristal em laboratórios ilegais, principalmente nos Estados Unidos. Estes cristais são convertidos em líquido para a comercialização. É inodoro, incolor e tem um leve gosto amargo.

Conhecido como “ácido” e por muitos outros nomes, o LSD é comercializado em tabletes pequenos (“micropontos”), cápsulas ou quadrados de gelatina (“vidraça”). Algumas vezes é adicionado a papel absorvente que depois é dividido em pequenos quadrados decorados com desenhos ou personagens de desenhos animados (“Loony Toons”).

Após os procedimentos realizados na Delegacia de Polícia Civil, o homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê e a mulher ao Presidio Feminino de Chapecó, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Veja também

Briga de espetos deixa vários feridos no interior de Itá18/03 Vários masculinos iniciaram uma confusão com socos, martelo, chave de rodas, macaco, pedras e espetos, sendo que um dos envolvidos mencionou que iria pegar uma pistola no interior de um veículo. ...

Voltar para Polícia