Postado em 14 de Agosto às 21h04

Polícia Civil esclarece homicídio e prende autor do crime em Xaxim

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Civil da Comarca da Fronteira de Xaxim, prendeu preventivamente D.D.S.P (41 anos), natural de Xaxim/SC, autor da...

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Civil da Comarca da Fronteira de Xaxim, prendeu preventivamente D.D.S.P (41 anos), natural de Xaxim/SC, autor da prática do homicídio de João Maria de Oliveira Melo (60 anos) ocorrido no dia 12/07/2019 no interior do Município de Xaxim/SC.

Após tomar conhecimento do fato criminoso, a Polícia Civil imediatamente instaurou o competente Inquérito Policial, ocasião em que diversas diligências foram realizadas, inclusive com cumprimento de diversos mandados judiciais de Busca de Apreensão domiciliar.

Na oportunidade, o autor foi preso no dia 06/08/2019, ocasião em que também foi dado cumprimento a um mandado de busca e apreensão em sua residência, onde, dentro do veículo de sua propriedade foram encontradas e apreendidas 09 (nove) capsulas deflagradas de munição calibre .380 e ainda uma munição intacta calibre.32.
Durante a instrução do Inquérito Policial foi possível comprovar que a motivação do crime seria uma dívida que a vítima teria contraído junto a um “bar” de propriedade do autor, ficando claro diante dos elementos de prova produzidos que o autor foi até a residência da vítima com o propósito de cobrar a dívida, não conseguindo, acabou por executar a vítima com disparos de arma de fogo.

Na data de hoje e dentro do prazo legal, o Inquérito Policial foi devidamente concluído e será encaminhado ao Poder Judiciário, sendo o autor indiciado pela prática do crime de homicídio duplamente qualificado (hediondo), sendo pelo motivo fútil e pela impossibilidade de defesa da vítima, previsto no artigo 121, § 2º, incisos II e IV do Código Penal e art. 1, I, da Lei n. 8.072/1990.

Fonte e foto: Polícia Civil de Xaxim

Veja também

Voltar para Polícia