Postado em 06 de Dezembro de 2018 às 07h51

Polícia Civil de Xaxim indicia homem que atirou contra jovem em cachoeira

Fato ocorreu no dia 4 de novembro, no interior de Xaxim

Xaxim - A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Fronteira de Xaxim (DPCO-FRON/Xaxim), concluiu um Inquérito Policial e indiciou um homem, identificado como J.D.B., de 65 anos, pelos crimes de tentativa de homicídio e posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. 

O fato ocorreu no dia 04/11/18, na Linha São Joaquim, interior de Xaxim, onde M.S., de 20 anos foi alvejado com um disparo de arma de fogo, quando retornava de uma cachoeira com os amigos. 

O investigado se apresentou a Policia Civil após os fatos, no dia 07/11/18, juntamente com o seu advogado, apresentando a arma de fogo, alegando ter agido em legítima defesa.

De acordo Delegado de Polícia Dr. Gustavo Oliveira, que esteve à frente das investigações, no Inquérito Policial foi apurado que não houve legítima defesa, que em tese a vítima estava dentro da propriedade do investigado e ele utilizou de forma exagerada para tentar retirar o pessoal de sua propriedade. 

Diante dos fatos, J.D.B., foi indiciado pelo crime de tentativa de homicídio e também por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, uma vez que a arma que ele apresentou não possuía registro e ele confessou que comprou de um terceiro sem documentação. 

A Polícia Civil destaca que o inquérito foi concluído dentro do prazo legal, que é de 30 dias. O inquérito agora será encaminhado para apreciação do Ministério Público. 

Veja também

Atraso na entrega de bolo termina com tiroteio em residência22/04 Na tarde do último domingo (21) uma discussão terminou com vários disparos de arma de fogo na casa de um confeiteiro em São José - Grande Florianópolis. A briga teria origem no atraso da entrega de um bolo para um cliente. O confeiteiro teve sua residência alvejada com diversos projéteis de uma pistola 9mm. A Policia Militar esteve no local para averiguar os......
Padrasto e enteado são condenados por tentativa de homicídio05/02 Eles foram acusados de tentativa de homicídio por acertar, por engano, um tiro em uma funcionária do bar onde estavam, no distrito de Marechal Bormann, interior de Chapecó....

Voltar para Polícia