Postado em 06 de Fevereiro às 08h55

Pai e filho são condenados por tentativa de homicídio em Ponte Serrada

Júri popular de crime cometido em abril de 2018 foi realizado ao longo da terça-feira

Ponte Serrada - Acusados de praticarem uma tentativa de homicídio no final de abril do ano passado, os réus Gilberto Alves Pereira, de 55 anos, e Adriano Alves Pereira, de 26, foram julgados na terça-feira, dia 5, em júri popular realizado no município de Ponte Serrada, onde o crime foi cometido.

Gilberto foi condenado a oito anos de reclusão por tentativa de homicídio privilegiado — violenta emoção após ato injusto da vítima — com a qualificadora de emboscada. Já Adriano recebeu a pena de dez anos e dez meses. A condenação foi por tentativa de homicídio qualificado, com duas qualificadoras: emboscada e motivo torpe.

Pai e filho, Gilberto e Adriano respondem pelo crime praticado no dia 28 de abril de 2018, no Bairro Cascatinha em Ponte Serrada. Na ocasião, eles balearam Laodir Bisatto. Na época, a vítima foi socorrida e levada a um hospital, recuperando-se.

De acordo com o relato do homem às autoridades policiais, ele estava de carro quando Gilberto e Adriano teriam o chamado para conversar. Os disparos foram feitos após a vítima parar o veículo.

Os condenados já estavam presos preventivamente no Presídio Regional de Xanxerê. Adriano foi preso no dia 18 de maio. Gilberto se apresentou no dia 25 de julho. Ambos permanecerão à disposição da Justiça, que negou o direito de recurso da sentença em liberdade.

(fonte: Oeste Mais)

Veja também

Impressionante - Mulher dirige na contramão na BR 101 e colide frontalmente com caminhão24/04 Uma condutora trafega na contramão da BR101 , as 1:30 da manhã de hoje, no sentido Itajaí para Balneário Camboriú. A condutora do veículo Fiat Siena com placas de Balneário Camboriú, de 80 anos, acabou colidindo frontalmente contra um caminhão, o veículo pegou fogo após a colisão. Populares que viram o acidente , pegaram extintores......
Padrasto e enteado são condenados por tentativa de homicídio05/02 Eles foram acusados de tentativa de homicídio por acertar, por engano, um tiro em uma funcionária do bar onde estavam, no distrito de Marechal Bormann, interior de Chapecó....

Voltar para Polícia