Postado em 07 de Março de 2019 às 13h50

Oficial de Justiça é atropelada durante cumprimento de mandado

Duas oficiais de Justiça saíram acompanhadas de um advogado para cumprir um mandado de reintegração de posse expedido pela comarca de São Miguel do Oeste. Tratava-se de uma caminhonete.

Chapecó - Duas oficiais de Justiça saíram acompanhadas de um advogado para cumprir um mandado de reintegração de posse expedido pela comarca de São Miguel do Oeste. Tratava-se de uma caminhonete. O empresário requerido pediu para fazer uma ligação para a pessoa que vendeu o carro a ele. Segundo o Boletim de Ocorrência, cerca de cinco minutos depois chegaram outros dois homens.

Um deles entrou na caminhonete e a oficial de Justiça informou que se fugisse com o carro estaria cometendo um crime. Ele engatou a marcha ré e, como a porta estava aberta, atingiu a oficial e acabou arrastando a moça por cerca de um metro. A porta do caroneiro também estava aberta em virtude do trabalho de outra oficial de Justiça que foi empurrada por um terceiro homem a fim de facilitar a fuga com o veículo.

Este terceiro homem deixou o local em outro veículo, levando o empresário como caroneiro. Na saída ainda ameaçaram o autor do processo que acompanha o trabalho. A Polícia Militar foi chamada e o empresário reafirmou, através da esposa e do advogado dele, que não entregará o carro. O veículo não foi mais localizado. O caso volta para a comarca de São Miguel do Oeste. Seguem as investigações da Polícia Civil.

Veja também

Acidente automobilístico no Arrancadão em Chapecó será investigado05/08/19 A Policia Civil de Chapecó emitiu uma nota sobre o fato que vitimou na manhã de domingo (4) o piloto paranaense em uma corrida automobilística. Abaixo a nota na íntegra. A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da 3ª Delegacia de Polícia de Chapecó, esclarece que foi devidamente instaurado inquérito policial, a fim de elucidar as......
Delegacia Regional de Polícia aceita denúncias via Whatsapp05/06/19 A partir de agora a Delegacia Regional de Xanxerê passa a disponibilizar a linha institucional n° 49 3433 8983 para denúncias via aplicativo Whatsapp. É possível enviar mensagens com fotos, vídeos e documentos para......

Voltar para Polícia