Postado em 07 de Maio às 13h23

GAECO deflagra operação e prende cinco por suspeita de corrupção no Oeste

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina A operação Irmandade, que investiga crimes ambientais e contra a administração pública, ocorre em nove municípios catarinenses....

A operação Irmandade, que investiga crimes ambientais e contra a administração pública, ocorre em nove municípios catarinenses. Durante a operação também foram afastadas três pessoas da função pública e cumpridos 29 mandados de busca e apreensão.

O Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) deflagrou, na manhã desta terça-feira (7/5), a operação Irmandade, que apura crimes ambientais e contra a administração pública. Foram cumpridos cinco mandados de prisão preventiva, 29 buscas e apreensões e três afastamentos cautelares de função pública. A operação ocorre em nove municípios catarinenses: São Miguel do Oeste, Barra Bonita, Santa Helena, Guaraciaba, São José do Cedro, Paraíso, Canoinhas, Joinville e Florianópolis.

As investigações se iniciaram há 10 meses pela 3ª e 4ª Promotorias de Justiça de São Miguel do Oeste. Segundo as apurações, servidores do Instituto do Meio Ambiente (IMA), em conluio com particulares e empresários, facilitavam a aprovação de projetos ambientais.

Durante a operação foram apreendidos documentos, computadores e outros materiais. A direção do IMA vem prestando todo o apoio à investigação em curso.

O GAECO é uma força-tarefa composta pelo Ministério Público de Santa Catarina, pelas Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal, pela Fazenda Estadual, entre outras instituições parceiras.


Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC.

Veja também

PRF apreende 12.500 maços de cigarros contrabandeados em Chapecó30/04 Policiais rodoviários federais que atuam na Operação Lábaro apreenderam na manhã de hoje (terça), na BR 282 em Chapecó, cerca de 12.500 maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. Um rapaz de 19 anos......

Voltar para Polícia