Postado em 19 de Fevereiro às 14h55

Acusado de matar três irmãs vai a júri em Cunha Porã

O Júri popular de Jackson Felipe Lahr foi agendado para o próximo dia 26, na agência da SICOOB no Município de Cunha Porã.

Cunha Porã - O Júri popular de Jackson Felipe Lahr foi agendado para o próximo dia 26, na agência da SICOOB no município de Cunha Porã. O crime teve comoção social à época. A defesa de Lahr solicitou mudança de local para o julgamento, contudo, uma decisão do Tribunal de Justiça determinou a permanência do Júri naquela comarca. O acesso ao público, em razão do espaço físico e da segurança de todos os envolvidos, será limitado pela organização da comarca.


Relembre o caso
No dia 27 de fevereiro de 2017, Lahr arrombou a porta da casa onde estava a família reunida, na linha Sabiazinho, interior de Cunha Porã. Com 19 facadas, ele assassinou a ex-cunhada Juliane Horbach, 23 anos, por ela ser contrária ao relacionamento do réu com a irmã dela Rafaela Horbach, 15 anos, também morta a facadas. Fabiane Horbach, 12 anos, estava na casa com as irmãs e foi assassinada com sete golpes de faca. O marido de Juliane, Gilvane Meyer, teve 17 perfurações. Os pulmões e o estômago foram perfurados. Ele fingiu a própria morte. Assim conseguiu pedir ajuda ao vizinho. Lahr não concordava com o fim do relacionamento que manteve com Rafaela, por 11 meses, com quem teve um filho.

Veja também

Polícia Civil recupera televisor furtado no interior de Xaxim08/07 A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia Civil da Comarca da Fronteira de Xaxim, localizou na manha desta segunda-feira (08/07) uma televisão que havia sido furtada no dia 27/06 na Linha Limeira, no Interior de......
PF apreende caminhão carregado de cigarros contrabandeados no Paraná13/05 Um caminhão carregado com 850 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai foi apreendido hoje (13) durante uma operação de fiscalização e controle da Polícia Federal, na região de Cruzeiro do Oeste, no......

Voltar para Polícia