Mais de um terço dos eleitores não concluiu o 1º grau

Mais de um terço dos eleitores não concluiu o 1º grau

Por Raphael Spiller 08/08/2018 - 17:11 hs

Os números da evolução do eleitorado para as eleições de 2018, disponibilizados pelo TRE-SC apontam para uma curiosa e lamentável notícia. Tanto em Xanxerê quanto em Xaxim, mais de um terço dos eleitores não concluíram o ensino fundamental.

Dos 34.514 eleitores do município de Xanxerê 1025 (2,97%) são analfabetos, 2068 (7,55%) sabem apenas ler e escrever – os considerados semianalfabetos – e 8021 (23,24%) não concluíram o ensino fundamental. Somados, são 11.654 xanxerenses ou 33,76% do eleitorado que não iniciou o ensino médio.

Em Xaxim a situação é ainda pior. Dos 21.741 eleitores em dia com a justiça eleitoral, 9242 (42,49%) não concluíram o ensino fundamental. Na conta estão calculados os 493 (2,26%) analfabetos, 1353 (6,22%) que apenas leem e escrevem e 7396 (34,01%) que iniciaram o ensino fundamental, mas encerraram os estudos antes da conclusão.

Um dado que surpreende nas estatísticas do eleitorado da Capital do Milho é que o número de eleitores analfabetos cresceu de outubro de 2016 para cá. No último pleito municipal 797 eleitores se diziam analfabetos. Agora são 1025. Por outro lado, o número de votantes com o ensino fundamental incompleto diminuiu de 9546 para 8021.

Você sabia? 
Por mais de 100 anos, analfabetos não podiam votar no Brasil. Eles não tiveram sucesso. Os iletrados só depositariam o voto na urna em novembro de 1985, na primeira eleição após a ditadura, para escolher prefeitos de capitais, estâncias hidrominerais e cidades em área de segurança nacional.