Catarinenses devem gastar em média R$ 170 com presente do Dia dos Namorados

A expectativa de gasto representa uma redução de 0,7% em relação ao ano passado

Por Portal DX 08/06/2018 - 08:39 hs

Os catarinenses devem gastar, em média, R$ 173,76 com o presente do Dia dos Namorados — data celebrada no próximo dia 12. A expectativa de gasto representa uma redução de 0,7% em relação ao ano passado, quando os consumidores afirmaram que gastariam R$ 175,01. A Pesquisa de Intenção de Compras, realizada pela Fecomércio SC em sete cidades foi divulgada nesta quarta-feira. 

O valor é superior ao gasto médio com o presente de Dia das Mães, que teve um ticket médio de R$ 100 e R$ 150, conforme pesquisa da Federação das CDLs (FCDL/SC), e de R$ 164,08 segundo a Fecomércio-SC. 

Roupas, perfumes, cosméticos e calçados devem ser os itens mais procurados na véspera do Dia dos Namorados em Santa Catarina. O destaque fica por conta de Florianópolis com a maior expectativa de gasto no estado: R$ 200,06. O menor gasto previsto é na cidade de Chapecó, com R$149,43. 

Confira o gasto médio previsto por cidade
Blumenau R$180,68
Chapecó R$149,43
Criciúma R$157,80
Florianópolis R$200,06
Joinville R$159,30
Lages R$177,19
Itajaí R$187,94
Santa Catarina R$173,76  

A melhora no orçamento familiar pode pesar na hora de escolher o presente: 42,8% consideram que a situação financeira está positiva, diante dos 21,1% que acreditam que piorou- o menor resultado desde 2014.

“Os empresários estão confiantes que a data reaquecerá as vendas, após a queda brusca no movimento e no faturamento das lojas com a paralisação dos caminhoneiros. Outro excelente indicador na data é a intenção de pagamento à vista (cerca de 60% das compras), que injetará dinheiro no comércio neste momento de recuperação”, avalia o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

Para garantir o melhor custo/benefício, sete a cada dez catarinenses pretendem fazer pesquisa de preços. Em Joinville, o índice chega a 95,7%. O principal destino dos consumidores deve ser o comércio de rua (69%), mas em Blumenau o percentual de compras em shopping (36,5%) deve ser significativo, ultrapassando a média estadual (22%).

Os dados foram apurados com 2.059 pessoas, entre os dias 14 e 19 de maio, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.

*Diário Catarinense