Postado em 17 de Maio às 15h36

Semana do MEI tem programação especial em Xaxim, Xanxerê e Entre Rios

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Os microempreendedores individuais (MEIs) e profissionais que querem formalizar seus negócios terão uma programação intensa voltada especialmente...

Os microempreendedores individuais (MEIs) e profissionais que querem formalizar seus negócios terão uma programação intensa voltada especialmente para esclarecer dúvidas, ampliar conhecimentos e auxiliar nos aspectos que envolvem a categoria. Trata-se da Semana do MEI 2019 promovida gratuitamente pelo Sebrae em todo o País, no período de 20 a 25 deste mês.

A programação inclui oficinas, palestras e atendimentos aos donos de pequenos negócios e potenciais empresários enquadrados como MEI, ou seja, atividades comerciais e de serviços cujo faturamento é de até R$ 81 mil por ano. Simultâneo à Semana do MEI, instituições financeiras e bancos promovem a Semana de Educação Financeira, que também oferta atividades e atendimento a este público.

O objetivo é auxiliar quem quer formalizar seu negócio e oferecer orientações aos MEIs sobre gestão, inovação, finanças e benefícios da categoria jurídica. Na área de abrangência da coordenadoria regional Oeste do Sebrae/SC, as ações ocorrerão nos municípios de Abelardo Luz, Concórdia, Chapecó, Entre Rios, Pinhalzinho, Xanxerê, Xaxim, entre outros.

Entre as principais atividades está o Plantão da Declaração Anual que auxiliará no preenchimento e entrega do documento no prazo. A entrega da Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional (DASN) é uma das obrigações da categoria jurídica e deve ser realizada até o dia 31 de maio de 2019. Com o envio do documento, o MEI mantém em dia as obrigações fiscais e garante direitos previdenciários como aposentadoria, auxílio-doença e licença-maternidade, entre outros. “Além de pagar multa, se não entregar a declaração, o MEI ficará inadimplente com o Simples Nacional e não poderá obter certidão negativa de débito junto à Receita Federal, necessária para contratar um financiamento, por exemplo”, alerta o gerente regional oeste do Sebrae/SC, Enio Alberto Parmeggiani.

Informações na coordenadoria regional Oeste do Sebrae/SC (49 3330 2800), Sala do Empreendedor de Chapecó (49 3319 1028), Sala do Empreendedor de Xanxerê (49 3441 8500), unidade do Sebrae em Xanxerê (49 3433 2600), Sala do Empreendedor de Abelardo Luz (49 3445-4322) e na Associação Empresarial de Pinhalzinho (49 3366-1016).

Programa Cidade Empreendedora

Em alguns munícipios (Abelardo Luz, Concórdia, Chapecó), a iniciativa integra também as ações do Programa Cidade Empreendedora promovido pela Prefeitura com apoio do Sebrae/SC. Elaborado e desenvolvido pelo Sebrae/SC, o Programa Cidade Empreendedora permite que os municípios instituam estratégias e avancem em ações práticas para apoiar e fomentar o desenvolvimento econômico local. Chapecó aderiu neste ano ao ciclo II do projeto com o objetivo de dar sequência às ações, mas agora, com um nível maior de complexidade. O município esteve entre os 38 do Estado que participaram da primeira fase, realizada entre o início de 2017 e o fim de 2018. Para a realização das atividades, o Sebrae disponibiliza profissionais e técnicos que atuam na implantação de soluções de impacto nos eixos de desburocratização, lideranças, sala do empreendedor, compras públicas, educação empreendedora, estudos e pesquisas, planejamento estratégico da gestão municipal, gestão de projetos e plano de desenvolvimento econômico.

Veja também

Moro pede que empresários deem oportunidade de trabalho a presos06/05 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu, hoje (6), que as empresas brasileiras contratem pessoas que cumprem pena ou que deixaram o sistema prisional. Para o ministro, é importante que os empresários ofereçam oportunidades aos presos que buscam uma oportunidade de se reinserir na sociedade por meio do......

Voltar para Geral