Postado em 23 de Julho às 16h49

Morre pioneiro da fotografia em Xaxim, Alcides Caovilla

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Na foto, Valderes e Armando Roncáglio (em pé) entregam um troféu a Alcides Caovilla e esposa (Foto DigiColor Fotografias) A família Caovilla...

Na foto, Valderes e Armando Roncáglio (em pé) entregam um troféu a Alcides Caovilla e esposa (Foto DigiColor Fotografias)

A família Caovilla comunicou na tarde desta terça-feira (23), por meio das redes sociais, o falecimento de Alcides Caovilla, pioneiro da fotografia no município de Xaxim – SC. Alcides nasceu em 12 de dezembro de 1928 na comunidade de Lageado Paca, Erechim – RS. Era casado com Laudina Matté Caovilla, tiveram 3 filhos: Clair, Cleci e Claudir, e estes lhe deram 9 netos e 7 bisnetos.


História
Após 18 meses de casamento o Sr. Alcides Caovilla saiu de sua terra natal para procurar um lugar e iniciar sua vida. O destino era o Paraná, mas passou por Xaxim para visitar parentes, gostou do lugar e resolveu ficar.
Quando foi informado que ainda não havia fotógrafo na comunidade, decidiu que era aqui que iria morar e montar seu negócio. Apostou no pioneirismo para ganhar a vida em Xaxim. E assim nasceu a “Foto Arte Caovilla”, criada semanas depois da mudança.
No início era difícil pois não havia energia elétrica e as fotos eram feitas à luz do sol. Eram fotos em preto e branco, pois as coloridas surgiram mais tarde, eram reveladas em Porto Alegre e demoravam dias para chegar. Nos primeiros anos, o trabalho era pouco, então Alcides Caovilla decidiu percorrer as comunidades do interior e até municípios vizinhos, andando até 40Km a cavalo batendo fotografias e quadros de familias. Tempos depois, vendeu o cavalo e comprou uma moto, facilitando as visitas no interior.
Superadas todas as dificuldades, aí está a “Foto Arte Caovilla” que no dia 07/12/2018 esteve orgulhosamente festejando 66 anos de trabalho fotográfico. Com o sucesso nas fotos e visitas, vendeu a moto, comprando um jeep. Realizou-se com o aumento de serviços.
Alcides trabalhou muitos anos seguidos na “Foto Arte Caovilla”, deixando logo após, para a esposa Laudina e o filho Claudir em seu lugar, iniciando nova etapa da vida na lavoura, onde trabalhou mais 19 anos com absoluto sucesso. Depois, por problemas de saúde, arrendou a terra.
Na vida rural, criou gado inicialmente. Vendeu mais tarde o gado e passou ao plantio de cereais. A vida de múltiplas atividades dá sentido a sua frase: “Para tudo tem um jeito”. Durante sua vida em Xaxim, sempre foi um homem correto, participando como jurado no fórum por muitas vezes. Trabalhou em todas as eleições em Xaxim, de 1956 à 1986.
O Sr. Alcides acompanhou e participou da história de Xaxim nos principais fatos e atos, e nesse espírito empreendedor esteve presente e participante na emancipação política-administrativa do município. Acompanhou a posse do 1º prefeito de Xaxim, sobre o qual fez bela reportagem em fotografia.
Com seu espirito religioso, acompanhou e esteve presente na inauguração da Igreja Matriz São Luiz Gonzaga de Xaxim, inclusive como fotógrafo, quando a missa foi celebrada pelo bispo diocesano de Chapecó. Foi Muitas vezes festeiro nas festas da Igreja Matriz. O Sr. Alcides Caovilla e sua esposa, dona Laudina batizaram e crismaram muitas crianças.
Também em 1986, foi eleito membro do Conselho Paroquial, onde com seus companheiros, iniciou a construção do Centro Comunitário da Matriz. Coordenou a campanha para arrecadar dinheiro, como voluntário, para a compra das janelas do Centro Comunitário da Igreja Matriz, com tanto sucesso que até sobrou dinheiro na ocasião.
Alcides Caovilla trabalhou dedicadamente, por muito tempo, como conselheiro, sendo merecedor de uma placa em sua homenagem, que foi entregue pela comunidade.
Caovilla com seu espírito empreendedor, e, projetando o futuro de Xaxim, se envolveu em vários acontecimentos sociais, políticos, religiosos, culturais e artísticos.
Sendo bom visionário, ele e o Sr. Raimundo Lunardi, seu vizinho, foram os primeiros a construir os dois primeiros prédios em Xaxim.
Em 1984, iniciou a construção do Edifício Caovilla, em frente a praça, que com muito esforço foi concluído em 1986, onde mora até hoje.
Em homenagem ao bom marido, ótimo pai, avô e bisavô, a esposa, os filhos o premiaram nomeando o prédio situado na Rua Rio Grande, Centro de Xaxim, como Edifício Alcides Caovilla, em fase de acabamento.
Fez parte também da diretoria dos idosos Aconchego de Xaxim, juntamente com sua esposa Laudina, dando grande apoio e incentivo, contribuindo para a boa qualidade e sucesso da entidade. Alcides incentivou os familiares ao gosto musical, que, ainda hoje é pratica familiar despontando excelentes músicos.

Fonte: Histórico elaborado pelo casal de professores Valderes e Armando Roncaglio por ocasião dos 90 anos de Alcides Caovilla, publicado no Diário Data X.

Fotos de Alcides Caovilla

Veja também

Começa hoje recadastramento de clientes de celulares pré-pagos18/04 Começa hoje (18) o recadastramento dos dados de clientes de celulares pré-pagos. A medida atende Lei 10703/2003, que trata do Regulamento do Serviço Móvel Pessoal. Eles terão que cadastrar junto as operadoras o número do RG e do CPF. Os consumidores com DDD 62, na região de Goiás, serão os primeiros a passar pelo recadastramento. O procedimento......
Melhores momentos do Empresário do Ano 201805/12/18 A Associação Empresarial de Xanxerê (Acix) realizou a entrega do prêmio Empresário do Ano 2018, juntamente com a posse da nova diretoria da entidade. Bruno Bortoluzzi foi eleito o empresário e o novo presidente da Acix......

Voltar para Geral