Postado em 05 de Dezembro às 15h04

Método de ensino Maker estimula aprendizado na prática

SESI atende turmas diversificadas com alunos dos sete aos dezessete anos.

POR: CRISTIANE ALINE


Xanxerê –
A sala de aula é diferente, o método de ensino também e a experimentação é o fio condutor do aprendizado. Assim são as aulas no método Maker, trabalhado na unidade do SESI de Xanxerê.


A Educação Maker pratica a aprendizagem baseada em problemas e em projetos, metodologias ativas que dão significado ao aprendizado, estimulam a pesquisa, o trabalho em equipe e a socialização do conhecimento.
São setores como Comunicação e Mídia, Matemática e Robótica, em cada setor os alunos levantam as problemáticas e com auxílio do professor desenvolvem projetos para resolução.


Segundo o coordenador de operações Edson Zatta, em Comunicação e Mídia são trabalhadas as questões de metodologia, escrita, pronúncia e por fim a apresentação.

“A ideia é que os alunos tenham a autonomia de se expressar. Para quem faz o Maker, todo ano tem um conceito de assunto, este ano foi água, ano que vem é ruído, com este tema eles precisam desenvolver um projeto que envolve as três áreas. Na Comunicação eles estruturam a apresentação do projeto”, explica Edson.


Na sala de matemática, o Instrutor Marcio Gonçalves da Rosa conduz os alunos. Nesta etapa eles trabalham a ludicidade, desafios que envolvem lógica, geometria e desenvolvimento de projetos.


“O Maker trabalha fora do conceito de caixinhas, o fio condutor é a experimentação. As turmas são diversificadas e envolvem alunos dos sete aos dezessete anos. Eles trazem as problemáticas e nós conduzimos com a realização de projetos. Deixamos construírem e depois passamos os porquês de cada função e assim explicamos a parte teórica de forma interessante”, comenta Marcio.


No espaço de Robótica são desenvolvidos projetos que envolvem tecnologia e automação. Tudo com peças de Lego e itens impressos pelos próprios alunos. É o espaço que mais agrada aos jovens. Na mesa de teste tem porta automática, braço com garra, tudo em peças de lego e automação. A sala conta ainda com duas impressoras 3D, que utilizam para construção de peças e itens para uso nos projetos.


As inscrições estão abertas até final de fevereiro para alunos de 08 a 18 anos. As aulas iniciam em março no contra turno escolar uma vez na semana nos períodos da manhã e tarde. Para mais informações basta entrar em contato com o SESI no telefone (49) 3433 8668. Para filhos de trabalhadores da indústria, há mensalidade com valores diferenciados.


“O conceito de sala de aula muda, não tem carteiras, eles trabalham em bancadas, em conjunto e qualquer ambiente é sala de aula, às vezes estão aqui dentro, às vezes no corredor, essa é a ideia, que qualquer ambiente seja propício ao aprendizado. E trazer o além do lógico, aprender brincando e experimentando”, finaliza Marcio.

FOTOS: CRISTIANE ALINE

Veja também

Igreja Matriz realiza duas celebrações na véspera de Natal13/12 POR: CRISTIANE ALINE Xanxerê – A programação de missas da Igreja Matriz de Xanxerê para a passagem do Natal englobará três celebrações, duas delas no dia 24 às 18h e às 20h em que será realizada a encenação do nascimento de Jesus. Padre Claudir explica que este ano separaram em duas celebrações, devido a......

Voltar para Geral