Postado em 13 de Dezembro de 2018 às 15h02

Jovem pede auxilio da comunidade para conseguir um emprego

Natália e a mãe vieram do RS e pedem ajuda enquanto não conseguem um trabalho.

POR: CRISTIANE ALINE


Xanxerê –
Todos os dias Natalia Gonçalves Ribeiro de 24 anos vai até a entrada da Caixa Econômica Federal e entrega folhas de ofício contando um recorte de sua vida. Desempregada ela solicita auxilio da comunidade para conseguir um trabalho e alguma renda para que os filhos e irmãos passem um Natal mais feliz.


Morando de favor em uma casa com amigos no Bairro Nossa Senhora de Fátima, Natalia busca apoio para, por enquanto, ajudar na compra de alimentos na casa onde estão abrigados e assim que conseguir um trabalho locar um espaço para morarem.


“Dia 02 de maio mataram meu padrasto em Pelotas, onde morávamos e por causa disso este mês voltamos pra Xanxerê pra arrumar serviço, pois lá é muito difícil de viver. Nós vendemos a mudança e conseguimos comprar as passagens, estou juntando pra ajudar a pagar a comida lá onde estamos ficando, eles não cobram aluguel, mas dai ajudamos com alimentação pelo menos. Hoje temos cerca de R$150,00 que estamos juntando para depois poder alugar”.


Vieram do Rio Grande do Sul, Natália e os dois filhos, Nátali Vitória de quatro anos, Taylor de cinco anos, sua mãe Ana Maria de 43 anos e os irmãos Tauã de seis anos, Yuri de 12 e Emanuelle Helena com cinco meses. Para quem quiser auxiliar pode entrar em contato com ela pelo WhatsApp (54) 9 9137-0410 para informações.


“Já trabalhei em uma fábrica de papel em Faxinal dos Guedes, com faxina, de cuidadora de crianças e idosos. Agora vou buscar em frigoríficos. Na Caixa algumas pessoas me indicam locais e vou atrás. Tenho Bolsa Família, mas quando fui para Pelotas bloquearam. Era pouco mas, ajudava. Agora não tenho nenhuma renda”, finaliza.

FOTO: CRISTIANE ALINE

Veja também

Voltar para Geral