Postado em 10 de Maio às 16h51

Insegurança jurídica foi determinante pelo cancelamento da Efapi 2019

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina A Administração Municipal informa que realizou na manhã desta sexta-feira a reunião com membros da Sociedade Amigos de Chapecó (SACH), para...

A Administração Municipal informa que realizou na manhã desta sexta-feira a reunião com membros da Sociedade Amigos de Chapecó (SACH), para tratar sobre a Feira Efapi 2019.
Desde o início o objetivo da Administração foi debater junto às entidades representativas de Chapecó o futuro e o melhor modelo para a realização da Efapi. O debate coletivo, democrático e consensual entre as partes, definiu pela construção de uma Feira sem recursos públicos e que a gestão a partir deste ano deveria ser da SACH, justamente pelo seu papel na comunidade Chapecoense e protagonismo perante o evento.
Inúmeros esforços foram feitos nos últimos meses com o intuito de viabilizar esta edição da Exposição, mas diante da insegurança jurídica para Administração Municipal e também para a Entidade, ficou definida pela não realização da Feira este ano.
Cientes da importância da Efapi e do seu papel como fomentadora do desenvolvimento para diversos setores econômicos do Município e da Região Oeste há 50 anos, definiu-se na reunião que a SACH, juntamente com demais entidades, irá realizar um estudo e análise técnica para apontar o melhor formato para as futuras edições da Feira. 

Veja também

STJ mantém decisão que autoriza aéreas a cobrar bagagem despachada25/04 Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu ontem(24) que a Justiça Federal no Ceará deve julgar a questão sobre a validade da resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que permitiu a cobrança pelo despacho de bagagem pelas companhias aéreas no Brasil. Com isso, fica mantida a......
Amsterdã proibirá veículos a gasolina e diesel a partir de 203003/05 Foto Arquivo Agência Brasil Carros e motos movidos a gasolina e diesel serão proibidos em Amsterdã a partir de 2030, anunciou o Conselho Municipal da capital holandesa nessa quinta-feira (2). Segundo as autoridades locais, trata-se......

Voltar para Geral