Postado em 16 de Abril às 08h37

França vai criar fundo para reconstrução da Notre-Dame

O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou hoje (15) que a Catedral de Notre-Dame será reconstruída com a ajuda de ?grandes talentos?. Macron informou que será criado um fundo nacional e além-fronteiras para buscar a reconstrução do que foi destruído nesta seggunda-feira por um grande incêndio. Macron disse que o ?pior foi evitado?, mas admitiu que as ?próximas horas serão difíceis?.

Emocionado, o presidente falou por pouco mais de 5 minutos, ressaltando que a construção, parcialmente atingida pelo incêndio, representa a história dos franceses.

?É a nossa história, a nossa literatura e nosso imaginário?, destacou Macron. ?Notre-Dame é parte da nossa vida.?

Macron visitou o local acompanhado por religiosos e autoridades. Abalado, o presidente pediu aos franceses que mantenham a esperança e a fé na reconstrução da catedral. ?Vamos reconstruir a Notre-Dame?, disse, ao lembrar que este ?é um momento difícil.?

O incêndio começou por volta das 18h50 (horário local), aproximadamente 13h50 em Brasília, e se estendeu por mais de quatro horas. A torre principal desabou.

Muitos turistas e franceses acompanharam o trabalho dos mais de 400 bombeiros no local. Os olhares eram de perplexidade e tristeza. A Catedral de Notre-Dame é um dos monumentos mais visitados por turistas em todo o mundo. Em 1991, foi declarada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) patrimônio da humanidade.
(Fonte: Agência Brasil)
Foto: REUTERS/Charles Platiau/Direitos Reservados

Veja também

Enfermeiras de Xanxerê recebem capacitação pela Udesc04/07 A Secretaria Municipal de Saúde reuniu, durante a quarta-feira (3), todas as enfermeiras da rede para uma qualificação dos profissionais para realizarem as consultas de enfermagem, com a utilização da Classificação Internacional para Prática de Enfermagem (Cipe). Duas professoras da Udesc estão orientando a equipe, no encontro que aconteceu no......
Amsterdã proibirá veículos a gasolina e diesel a partir de 203003/05 Foto Arquivo Agência Brasil Carros e motos movidos a gasolina e diesel serão proibidos em Amsterdã a partir de 2030, anunciou o Conselho Municipal da capital holandesa nessa quinta-feira (2). Segundo as autoridades locais, trata-se......

Voltar para Geral