Postado em 29 de Novembro às 10h35

Feira do Livro desperta ainda mais o interesse pela leitura em alunos de Xanxerê

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Olhares atentos a escolher a melhor história em um mundo de imaginação. Assim pode-se descrever a reação dos alunos que visitaram a I Feira...

Olhares atentos a escolher a melhor história em um mundo de imaginação. Assim pode-se descrever a reação dos alunos que visitaram a I Feira do Livro realizada pela Secretaria Municipal de Educação de Xanxerê ao longo desta semana na Arena Ivo Sguissardi.
As crianças estavam encantadas com a feira e com o mundo da literatura. A pequena Amanda Finatto, de apenas 06 anos, estava encantada com a feira e com os livros que havia acabado de comprar. Ela disse que adora ler, lê em casa com os pais desde cedo e que gostou muito da feira. O aluno Artur Gabriel Fortes também estava realizado com os livros que havia comprado e de poder ter ido até a feira com a escola e com os amiguinhos.
A feira contou com da Imaginar Livraria e Livros & Livros. De acordo com o responsável pela Imaginar Livraria, Itamar Comunello, a feira foi maravilhosa, superando as expectativas de público e vendas. “Por ser a primeira feira que a gente participa aqui em Xanxerê, ficamos surpreendidos com a participação e interesse dos alunos pelos livros”.
Com o objetivo de incentivar cada vez mais a leitura, a Imaginar Livraria doou um livro para cada aluno até o 5º ano que visitava a feira e não havia levado dinheiro para adquirir algum livro saia da Feira do Livro com um livro na mão. “Não deixamos ninguém sair daqui sem um livro”, salientou Comunello.
A secretária municipal de Educação, Claudia Favero, disse estar satisfeita com o resultado obtido com a Feira do Livro, que foi um sucesso e oportunizou o contato dos alunos e da comunidade xanxerense com o mundo dos livros. “Foi muito lindo ver eles felizes com os livros que compravam ou ganhavam, eles já sentavam lá mesmo para ler e trocar o livro com os coleguinhas”.
A coordenadora Pedagógica, Eliane Scanagatta Gabrieli, que acompanhou o andamento da Feira do Livro, destacou que foi a primeira feira, mas foi fantástica, sendo que os professores e alunos já pediram para que no ano que vem tenha novamente. “Além disso, como na escola é trabalhado o sistema monetário, os alunos faziam o cálculo do que podiam comprar com o dinheiro que haviam levado para a feira, o que já desperta neles a consciência de saber o quanto tem e o quanto podem gastar, sendo que eles mesmos faziam o pagamento no caixa, acompanhados das professoras”.
 

Veja também

Santa Catarina é o terceiro maior produtor de tilápias do Brasil02/09 Santa Catarina é o terceiro maior produtor de tilápias do Brasil. Em 2018, os catarinenses produziram 36,4 mil toneladas do peixe. Em um ano, o Estado ampliou em 14% a produção de tilápias, principalmente nos......

Voltar para Geral