Postado em 04 de Dezembro às 16h28

Colégio de Ponte Serrada se destaca e conquista primeiro lugar no Escola Cidadã

Projeto valoriza projetos que trabalham com ações socioambientais.

Ponte Serrada - A Escola de Educação Básica Dom Vital conquistou o primeiro lugar no Prêmio Escola Cidadã que teve como objetivo valorizar e premiar projetos com temas socioambientais abordados nas atividades desenvolvidas pela escola.


Os trabalhos iniciaram em março com a visita do Programa “Eco Cooperação” e o Programa “Roda de Leitura” da Fundação Aury Luiz Bodanese do grupo Aurora Alimentos, que era um dos critérios para participar do prêmio. O objetivo foi promover e estimular a sustentabilidade, fazendo com que os alunos e a comunidade escolar sejam parceiros nas tarefas desenvolvidas no dia a dia.


O projeto inscrito pela Dom Vital intitulado “Da Consciência pela Persistência para Sobrevivência”, foi iniciado em 2010 com oficinas de sabão ecológico, o qual incentiva os alunos, professores, famílias, donos de restaurantes e lanchonetes a coletarem o óleo de cozinha usado e levarem para a escola.

“Os professores juntamente com os alunos fabricam o sabão em barra e o detergente líquido que é usado para a limpeza da escola e o excedente é vendido para a comunidade”, frisa Maria Elenice Branco, coordenadora dos projetos de Sustentabilidade.


Dentre os projetos tem ainda a horta escolar chamada de: Com as mãos na Terra e o Desafio Consciente, onde os alunos fazem a coleta e a separação do lixo e vendem o material. “O dinheiro arrecadado é investido na própria escola. Em 2017 foi realizada a reforma do ginásio de esportes, já em 2018 pretendemos reformar a quadra aberta e em viagens de estudo e lazer para os alunos”.


A última ação do projeto é a etapa “Consumo Consciente” que tem como objetivo despertar na comunidade escolar, através de ações sustentáveis, atitudes de cuidado com o planeta. São escolhidos dois alunos por turma para serem os monitores ambientais. “Trabalhamos a conscientização da realidade ambiental, a começar pela realidade escolar com frequentes reuniões com os monitores, para que eles sejam os porta-vozes da escola em sua turma”.


Cada professor dentro de sua referida disciplina trabalha a ação que lhe compete. A coordenação do projeto, junto com os monitores, faz a coleta de embalagens de produtos de limpeza que são transformados com muita arte em pesos de portas; pano de sombrinhas e guarda-chuvas quebrados que são transformados em sacolas ecológicas.


“O que nos deixa felizes e eufóricos, mais do que receber este prêmio é o reconhecimento pelo bem que fazemos através de nossos projetos para a construção de um mundo melhor e mais sustentável. E só fomos contemplados com este prêmio, porque temos uma escola com profissionais que se empenham em fazer o melhor sempre. Temos alunos e pais comprometidos e que são parceiros em todas as ações da escola. O mais importante do prêmio não é o dinheiro que iremos receber, mas sim saber que estamos fazendo a diferença na educação e no mundo. Estamos ensinando além dos componentes curriculares, valores, valores estes que ninguém vai tirar de nossos alunos e eles vão levar pra vida e se tornarão seres humanos melhores. Isso sim é gratificante. Esse é o prêmio maior” finalizou a coordenadora.
 

Veja também

Papai Noel chega à Xanxerê nesta quarta-feira12/12 POR: CRISTIANE ALINE Xanxerê – Nesta quarta-feira a partir das 20horas o Papai Noel já estará circulando pelas ruas de Xanxerê. Este ano, a chegada será de trio elétrico, do Papai Noel que era um parceiro......

Voltar para Geral