Postado em 21 de Abril às 19h54

Presidente da Chapecoense vai pedir anulação da final do Catarinense

Portal DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Foto: Tiago Ghizoni O presidente da Chapecoense, Plinio David De Nes Filho, disse em entrevista para a Rádio Supercondá que vai pedir a...

Foto: Tiago Ghizoni

O presidente da Chapecoense, Plinio David De Nes Filho, disse em entrevista para a Rádio Supercondá que vai pedir a anulação do resultado da partida devido a atuação da arbitragem por não ter consultado o vídeo (VAR) da cobrança do pênalti de Bruno Pacheco, que bateu na travessão, quicou no chão e posteriormente não sendo confirmado o gol. “Não reconhecemos o resultado, vamos pedir o cancelamento da partida pela falha individual do árbitro Bráulio da Silva Machado, que deve ser afastado por seis meses a um ano, ele não merece nosso respeito, pois está denegrindo a imagem do futebol catarinense”disse o presidente.
Entrevistado, o presidente da Federação Catarinense de Futebol (FCF), Rubens Angelotti, disse também para a Supercondá que a Chapecoense está no direito de reclamar. “O tribunal é que vai julgar se compete ou não. Ele tem o direito”, afirmou.

Veja também

Imagem ampliada do pênalti entre Avaí e Chape aumenta dúvida sobre decisão do Catarinense22/04 A imagem ampliada do pênalti de Bruno Pacheco, na final do Campeonato Catarinense, mostra um possível erro na final do Campeonato Catarinense (confira imagem acima). Sem o recurso, a arbitragem de vídeo não teve convicção e apontou que a bola do lateral não entrou, dando o título ao Avaí contra a Chapecoense. No jogo, o árbitro Braulio da Silva......

Voltar para Esporte