Postado em 18 de Janeiro às 09h10

Chapecoense vence na estreia do Catarinense 2019

Pouco inspirado, Verdão consegue o gol aos 49 minutos da segunda etapa.

Chapecó - O futebol voltou! Após 45 dias parada, a bola rolou novamente nos gramados catarinenses. Nesta quinta-feira (17), a Chapecoense venceu o Marcílio Dias, na estreia dos clubes no Campeonato Catarinense 2019. O jogo aconteceu na Arena Condá, em Chapecó. O gol do jogo foi marcado por Welligton Paulista, aos 49 minutos da segunda etapa.


Ano novo, escalação nova. O Verdão que iniciou o Catarinense 2019 é diferente do que terminou a temporada 2018. Jandrei, Fabrício Bruno, Canteros e Leandro Pereira não fazem mais parte do elenco. Por outro lado, Renato, João Ricardo e Aylon foram contratados. Jogadores como Rafael Pereira e Victor Andrade, pouco utilizados pelo Verdão em 2018, foram promovidos ao time titular.


Pouco movimentado, assim foram os primeiros minutos da Chapecoense em 2019. Sem estar 100% fisicamente, por se tratar do início da temporada, o Verdão só foi assustar o Marcílio Dias aos 12’. Depois de puxar um contra-ataque, Renato encontrou Wellington Paulista, o atacante do Verdão chutou cruzado, mas errou o gol do goleiro Tom.


O jogo seguia morno. A Chapecoense era melhor, mas não conseguia imprimir uma pressão no time de Itajaí. Pelo o alto, o Verdão chegava nos escanteios , porém não apresentava riscos a meta do Marcílio Dias.


O meio campo do Verdão não criava e o Marinheiro começava a assustar a Chape. A equipe de Itajaí conseguia chegar nos contra ataques e bolas aéreas. Até os 40’ nenhuma equipe assustava a meta adversária. O jogo era fraco tecnicamente.


A primeira etapa acabou sem nenhuma chance real de gol para ambas as equipes. Os primeiros 45 minutos de futebol na Arena Condá em 2019 foram sonolentos para jogadores e torcedores que acompanharam o jogo.


O segundo tempo começou com o Marcílio Dias no ataque. Aos 2’ em um contra ataque Juninho Tardelli entrava na área do Verdão, quando Rafael Pereira fez falta e recebeu amarelo. Na cobrança Juninho e Paulinho se atrapalham e Juninho Tardelli chuta por cima do gol de Ivan.


Aos 4’, Victor Andrade evita a saída da bola, invade a área e chuta, mas a bola vai para fora. A torcida e o time começam a se animar no jogo. O Verdão voltou melhor do intervalo e começa a impor uma pressão no time de Itajaí. Aos 6’, Diego Torres tabela com Wellington Paulista invade a área e chuta em cima do goleiro Tom.


Sem criação e com Diego Torres muito abaixo de seu futebol, a Chape não conseguia impor a pressão do início da segunda etapa. Naturalmente, para o começo da temporada, as pernas dos jogadores do Verdão começaram a pesar. Sem chances para ambos os times, o empate continuava no placar.


O atacante Victor Andrade era quem mais tentava no Verdão. Aos 29’, Victor foi para cima da marcação passou por dois marcadores, mas na hora de finalizar chutou longe do gol. A Chape era melhor, mas a produção no ataque era mínima. A partir dos 30’, o Verdão começava uma pressão ao Marinheiro. Aos 35’ depois de bom cruzamento de Eduardo, Bruno Silva, que havia entrado no lugar de Renato cabeceou no canto da meta do Marcílio Dias, o goleiro Tom se esticou e salvou o clube de Itajaí.


A Chape continuava no ataque. Aos 40’ Lourency fez boa jogada pela direita do ataque e cruzou na marca do pênalti, Welligton Paulista cabeceou livre, mas a bola foi para fora. As entradas de Bruno Silva e Lourency deram um fôlego a mais para o ataque da Chape. Os dois, atuando pelas pontas do campo, jogavam com velocidade e criavam as melhores chances do Verdão.


Os últimos minutos do jogo foram no “abafa” para a Chape. O Verdão pressionava mas não criava muitas chances. Após ótima jogada de Bruno Silva, Wellington Paulista finaliza de primeira e marca para a Chape aos 49’. Apesar do jogo abaixo tecnicamente, o Verdão sai de campo com os três pontos.


No domingo (20), a Chapecoense vai a Blumenau enfrentar o Metropolitano. Já o Marcílio Dias recebe o Criciúma.

(fonte: ClicRDC)
 

Veja também

Felipe Tozzo vence na estreia do campeonato e é lider25/03 Uma estreia para comemorar muito em Goiânia. Após muitos ajustes no carro na ultima sexta-feira e sábado que teve até troca de motor, o piloto chapecoense Felipe Tozzo venceu a corrida em Goiânia que era válida pela......

Voltar para Esporte