Postado em 13 de Fevereiro às 09h48

Chape volta às origens diante do São José-RS pela Copa do Brasil

Confronto pela primeira fase é nesta quarta-feira, às 19h, no Passo D'Areia

Chapecó - Adversário de estreia na Copa do Brasil nesta quarta-feira, às 19h, no Passo D'Areia, em Porto Alegre, o São José foi o primeiro rival num jogo oficial da Chapecoense, em 1973, no campo do Colégio São Francisco, ao lado da Arena Condá. O Verdão venceu por 1 a 0 com gol anotado por Orlandinho.

Desta vez o confronto é no campo do adversário. E não tem jogo de volta. Pelo menos o empate classifica a Chapecoense. O atacante Wellington Paulista afirma que é preciso cuidado com a partida única e com o gramado sintético do Passo D'Areia. Será o segundo jogo neste tipo de piso em oito dias, já que na semana passada a equipe ficou no 0 a 0 diante do Unión La Calera, do Chile, na Sul-Americana.

– É um pouco diferente a Copa do Brasil neste ano, principalmente nesse começo. Temos que estar espertos com o gramado, com a situação e saber que vai ser um jogo bem difícil. Tem que se adaptar muito rápido, como fizemos em La Calera, para fazer um grande jogo e sair classificado – disse o atacante.

Após dois anos entrando direto nas oitavas de final da competição por estar na Libertadores, em 2019 o Verdão do Oeste volta a disputar a Copa do Brasil desde a primeira fase. Será a nona participação do clube. A primeira foi em 2008, quando eliminou o Guarani na primeira fase e foi eliminado pelo Internacional na segunda etapa.

De lá para cá, a Chapecoense subiu da Série D para a Série A e se tornou equipe digna de figurar entre os 10 primeiros do ranking da CBF. No entanto, o técnico Claudinei Oliveira considera que seu time pegou o adversário mais difícil dos possíveis na primeira fase e que é vice-líder do Gauchão.

– Esperamos um jogo difícil, o São José tem uma equipe boa, não perde em seus domínios desde o ano passado e venceu o Internacional por 2 a 0. Temos que jogar com espírito de decisão. É um equipe alta, muito competitiva e temos que jogar como se fosse contra o Grêmio, como se fosse contra o Inter – afirmou o treinador.

A melhor participação da Chapecoense na Copa do Brasil foi no ano passado, quando entrou nas oitavas de final, eliminou o Atlético-MG nos pênaltis e depois caiu diante do Corinthians, nas quartas. O time catarinense, que nunca foi eliminado na primeira fase, sabe que o título é algo distante, mas confia numa boa campanha que dê também retorno financeiro para investir no Campeonato Brasileiro.

Para a partida, o treinador vai dar chance ao atacante Lourency, que fez dois gols na vitória por 3 a 2 contra o Brusque pelo Estadual. Ele deve ser o único que atuou no sábado a iniciar a partida contra o São José. Os demais devem ser os que iniciaram o jogo contra o Unión La Calera, com exceção de Augusto, lesionado, e a volta de Eduardo no lugar de Marcos Vinícius. Em caso de classificação, a Chape pega o Mixto-MT, que eliminou o CSA ao vencer por 1 a 0.

(fonte: Darci Debona/NSC)

Veja também

Município de Xaxim realiza abertura da Etapa Microrregional dos Jasti29/04 Reunidos no Centro de Múltiplo Uso de Xaxim, representantes de 13 municípios da região da Amai participaram da abertura oficial da Etapa Microrregional da 12º edição dos Jogos Abertos da Terceira Idade de Santa Catarina......
É hoje: Inter encerra fase de grupos contra o River07/05 Foto: Ricardo Duarte/Internacional Classificado e com o primeiro lugar garantido, o Colorado tem mais um grande confronto para encerrar a fase de grupos da Libertadores da América. O Inter enfrenta o River Plate, nesta terça-feira (7/5),......

Voltar para Esporte