Postado em 23 de Abril às 10h19

Chape vai formalizar queixa para anular jogo da final

PORTAL DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Foto Reprodução O Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) não recebeu ainda o pedido formal da Chapecoense para anular a final...

Foto Reprodução

O Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) não recebeu ainda o pedido formal da Chapecoense para anular a final do Catarinense, mas a Assessoria da Chapecoense informou que o clube pediu à Federação Catarinense de Futebol (FCF) que não homologue o resultado da final até que o clube reuna a documentação, inclusive com as imagens dos pênaltis, para encaminhar o pedido formal com a fundamentação necessária para o TJD-SC.
Com um mandado de garantia o presidente da Federação Catarinense pode determinar uma liminar de não homologação do título do Avaí até que se esgotem as instâncias jurídicas.
A Chapeconense se baseia especialmente em uma imagem ampliada que aparenta que a bola entrou por completo na cobrança de penalti de Bruno Pacheco. A cobrança não foi validada e o título ficou com o Avaí.
Amanhã a Chape enfrenta o Corinthians, às 21h30min, pela Copa do Brasil. O Verdão joga pelo empate, pois venceu o primeiro confronto em casa por 1x0.

Veja também

Paolo Guerrero joga contra seu time de infância - Coração dividido24/04 Foto Ricardo Duarte/Internacional - Divulgação A festa na chegada mostrou o tamanho do jogo. Recebido por centenas de peruanos no aeroporto, o Colorado chegou a Lima e sentiu de perto a idolatria que Paolo Guerrero tem em seu país.......

Voltar para Esporte