Postado em 17 de Janeiro às 14h17

Chape reencontra torcida após 45 dias sem futebol

Estreia no Catarinense está marcada para as 21h de hoje, na Arena Condá.

Chapecó - Foram 45 dias sem futebol. Um mês e meio de sofrimento para quem ama o futebol. E principalmente a Chapecoense. Mas a contagem regressiva para o reencontro entre torcida e jogadores está perto do fim. A estreia no Catarinense acontece hoje, às 21h, diante do Marcílio Dias, na Arena Condá.


Após conquistar a permanência na elite do futebol brasileiro, o Verdão inicia 2019 com a manutenção de parte do elenco do ano passado. O time que entra em campo hoje têm sete remanescentes titulares de 2018: Eduardo, Douglas, Pacheco, Amaral, Márcio Araujo, Diego Torres e WP9.


“A gente tem que fazer um bom jogo e buscar vitória. Consciência, errando pouco. É como se a gente fosse jogar na altitude. Você tem que se desgastar só o necessário, guardar energia para o final do jogo. Nossos jogadores vão ter que jogar, buscar o resultado. A obrigação da vitória é nossa, por sermos mandantes” – Claudinei Oliveira, técnico da Chapecoense.


Apenas um dos quatro contratados iniciará o jogo entre os onze. O atacante Renato, ex-Avaí e velho conhecido de Claudinei, jogará aberto pelo lado direito de ataque. Enquanto isso, o zagueiro Joilson iniciará na reserva. E a dupla ex-América-MG, João Ricardo e Aylon, se recuperam de lesões.


A pré-temporada contou com 14 dias de preparação – 11 deles destinados a treinamentos físicos e trabalhos táticos. Os outros três foram utilizados para exames médicos e testes fisiológicos/físicos. Nesse meio tempo, o Verdão até tentou encontrar adversário para amistoso ou jogo-treino, mas não obteve sucesso.


“Quero ser campeão. Tudo que eu entro, eu entro para ganhar. Eu tenho esse perfil. Mas respeitando os adversários e sabendo que vai ser difícil. O estadual tem as suas dificuldades. Gramados em alguns lugares, iluminação em outros, viagens e tudo… A nossa questão geográfica desfavorece um pouco o clube, faz com que o estadual seja mais deficitário para a Chapecoense do que para os outros clubes… Mas a gente vai encarar com a seriedade que a competição requer. A gente sabe que o torcedor quer e gosta de colocar a faixa no peito. Eu também quero e gosto!” – Claudinei Oliveira, técnico da Chapecoense.


A escalação para hoje à noite tem: Ivan; Eduardo; Douglas, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Diego Torres; Renato, Wellington Paulista e Victor Andrade. O time está configurado no 4-3-3, com variação na marcação para o 4-5-1.


As novidades da semana ficam por conta do goleiro Ivan, que fará somente o seu segundo jogo oficial com a camisa da Chape desde que chegou por aqui. Ele substitui João Ricardo, lesionado. Já Rafael Pereira foi o escolhido para entrar na vaga de Fabrício Bruno, que retornou ao Cruzeiro.


(fonte: Mateus Montemezzo/Clic RDC)

Veja também

Gum, ex-Fluminense, fecha com a Chape07/03 Zagueiro chega na próxima sexta-feira (08) em Chapecó para realizar exames médicos....
Paolo Guerrero joga contra seu time de infância - Coração dividido24/04 Foto Ricardo Duarte/Internacional - Divulgação A festa na chegada mostrou o tamanho do jogo. Recebido por centenas de peruanos no aeroporto, o Colorado chegou a Lima e sentiu de perto a idolatria que Paolo Guerrero tem em seu país.......
Felipe Tozzo vence na estreia do campeonato e é lider25/03 Uma estreia para comemorar muito em Goiânia. Após muitos ajustes no carro na ultima sexta-feira e sábado que teve até troca de motor, o piloto chapecoense Felipe Tozzo venceu a corrida em Goiânia que era válida pela......

Voltar para Esporte