Postado em 12 de Março às 09h48

Sindicatos das indústrias de laticínios e de erva-mate participam de reuniões na Secretaria da Fazenda

Estamos construindo um novo modelo para a indústria, junto com a Fiesc, e para os produtores, com participação de representantes de cada segmento e dos agricultores. Queremos aumentar a renda das famílias que trabalham no meio rural”, explicou Eli.

Florianópolis - Com o objetivo de discutir uma nova política econômica que valorize tanto a indústria quanto os produtores catarinenses, o secretário de Estado da Fazenda (SEF/SC), Paulo Eli, recebeu nesta segunda-feira, 11, representantes do setor de laticínios e de erva-mate: “Estamos construindo um novo modelo para a indústria, junto com a Fiesc, e para os produtores, com participação de representantes de cada segmento e dos agricultores. Queremos aumentar a renda das famílias que trabalham no meio rural”, explicou Eli.

O secretário destaca ainda que se trata de um trabalho em conjunto com o setor produtivo, para que Santa Catarina ganhe ainda mais competitividade no cenário nacional. “Temos que operar em harmonia para que nossa economia se fortaleça”, salientou. Na próxima sexta-feira, 15, será realizado um encontro com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) para debater a nova política industrial de Santa Catarina.

Participaram das reuniões o professor Luiz Felipe Ferreira, futuro controlador-geral do Estado após a reforma administrativa, representantes do Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados (Sindileite), dos sindicatos de Erva-Mate de Catanduvas e de Canoinhas, além de produtores locais.

Incentivos fiscais
Na última quinta-feira, 7, o governador Carlos Moisés enviou à Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) dois projetos de lei com restituição de benefícios fiscais. A medida prevê 7% de ICMS para o leite esterilizado longa vida e, para a erva-mate, a concessão de crédito presumido de 5% nas saídas destinadas a outros estados em que a alíquota seria de 12%.
 

Veja também

Produção leiteira movimentou, em 2018, R$ 46 milhões em Xaxim09/08 Foi aprovada na reunião de quinta-feira, 08, do Poder Legislativo Xaxinense, a indicação do vereador do PSD, Volnei Dervanoski, sugerindo à administração municipal a implantação do Programa de Incentivos de Sementes de Pastagem de verão, aos produtores de leite do município. O vereador justificou o pedido, pois a produção......
Epagri oferece canal de assistência técnica remota01/02 Além do acesso ao Minha Epagri, o aplicativo da Empresa permite conferir a previsão do tempo, o calendário de eventos, serviços, tecnologias, publicações, localização das unidades da Epagri, programas de......

Voltar para Economia