Postado em 21 de Março às 14h25

Pururuca de Ideias discute inovação na suinocultura em Chapecó

O Pururuca de Ideias continua esta tarde (21/3), das 13h30 às 22h30, no plenário do Bloco R da Unochapecó.

Chapecó - Estimular a inovação em universitários e a formação de equipes para o desafio do InovaPork. Este é o objetivo do Pururuca de Ideias que acontece desde ontem (quarta) no campus da Unochapecó em Chapecó com palestras, painéis e oficinas promovidas pela Embrapa Suínos e Aves e o HUB Agro da cidade, uma iniciativa que busca promover inovação e tecnologia na área.

No principal momento de debates de ontem, foi discutida a inovação na suinocultura. O coordenador de hackathons meetups e design jams Ivan Moraes, o diretor-fundador da Smart Demand, Marco Antônio Tavares, o professor Rodrigo Barichello e a chefe-geral da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella, contextualizaram o momento do agronegócio e as áreas com oportunidades de inovação para estudantes de administração, agronomia e engenharias. Barichello também mostrou o caso do condomínio de agroenergia criado por sua família em Tucunduva-RS com o aproveitamento de biogás proveniente do tratamento de dejetos suínos.

“Estarmos aqui nesses dias já é uma ação inovadora. Quando vemos que instituições como a Embrapa e grandes empresas de referência de mercado convergem para o entendimento que a inovação no agronegócio é fundamental para se manter em um mercado competitivo e que isso abre espaço para a participação desses jovens que muitas vezes não tem espaço, não tem chance de fazer parte desse ambiente, isso é muito importante”, diz Moraes.

Para Marco Antônio Tavares, estamos em um momento propício para inovação no agronegócio. “É importante o meio acadêmico, principalmente aqui na região, se unir aos grandes atores do setor para desenvolver soluções de inovação e transformação. Diferentemente do que era ontem, hoje a tecnologia é acessível, as redes sociais possibilitam a organização de grupos de estudo, a informação flui em tempo real e, o que é mais importante, percebeu-se que para desenvolver as soluções para agronegócio é preciso ouvir as pessoas. O conhecimento local, as pessoas que sentem os problemas sendo ouvidas. Hoje não se resolvem problemas sozinho. É necessário que juntemos pessoas, ouçamos essa juventude que é digitalizada e tem uma forma diferente de ver a solução dos problemas e com isso conseguirmos inovar e trazer mais valor para a cadeia do agronegócio. Temos clima bom, terra disponível, pessoas, tecnologia. Somos referência para o mercado internacional e não podemos ser relegados a um segundo plano mundial. Precisamos ser protagonistas”, diz.

A chefe geral da Embrapa Suínos e Aves, Janice Zanella, destaca que o evento também serve como preparação para o InovaPork, um desafio de inovação organizado pelo centro de pesquisa de Concórdia e que acontece no final de maio e início de junho. “Nós queremos criar um ecossistema de pessoas criativas, com a participação e mentoria de nossa pesquisa e com os tomadores de decisão do agronegócio, as agroindústrias e empresas que vão participar do InovaPork, por isso esses encontros e a participação desses estudantes são tão importantes”, diz.

O InovaPork - O desafio para inovação na suinocultura é um evento promovido pela Embrapa Suínos e Aves direcionado a universitários ou profissionais independentes de diversas áreas de conhecimento, organizados em equipes, e startups.

O InovaPork tem três etapas distintas. A primeira é a de inscrição das equipes e ideias e a homologação. A segunda é a fase de classificação, onde as ideias serão avaliadas por uma comissão julgadora, com possibilidade de seleção de até 10 equipes. Essas equipes selecionadas participam da etapa final, que será realizada na Embrapa Suínos e Aves, de 31 de maio a 2 de junho de 2019. Durante estes três dias, as equipes terão oportunidade de aprimorar suas propostas participando de uma imersão junto ao setor de pesquisa e produção, além de contar com mentoria de pesquisadores e profissionais de renome do setor produtivo. Ao final, serão classificadas as melhores soluções para a suinocultura.

A startup/equipe vencedora estará classificada para a etapa final do Pontes para Inovação (desde que cumpra o regulamento deste evento), uma parceria da Embrapa para conectar agritechs com investidores, visando permitir que estas possam ter acesso a recursos para acelerar seus negócios.

Além disso, a equipe vencedora poderá participar da AveSui EuroTier 2019, a maior feira de proteína animal da América Latina. A equipe poderá participar dos seminários e do espaço Digital Farming. O evento ocorrerá de 23 a 25 de julho de 2019, em Medianeira-PR.

O Pururuca de Ideias continua esta tarde (21/3), das 13h30 às 22h30, no plenário do Bloco R da Unochapecó.

Veja também

Percentual de famílias brasileiras endividadas cresce no país07/05 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil O percentual de famílias brasileiras com dívidas, em atraso ou não, chegou a 62,7% do total, em abril deste ano. O dado, divulgado hoje (7) pela Confederação Nacional do......

Voltar para Economia