Postado em 22 de Janeiro às 08h00

PIS/Pasep 2019: como saber se você tem direito e consultar pelo celular

Aplicativo da Caixa mostra o saldo disponível e a data do pagamento

O aplicativo Caixa Trabalhador permite consultar se o contribuinte tem direito a receber o abono salarial PIS 2019. A ferramenta grátis está disponível em celulares Android e iPhone (iOS). O benefício é pago a trabalhadores da iniciativa privada pela Caixa Econômica Federal, e pelo Banco do Brasil a servidores públicos. Para realizar a consulta, é preciso ter em mãos o Número de Inscrição Social (NIS), o mesmo do PIS/Pasep, ou a sequência do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

O direito a receber o abono é concedido às pessoas que exerceram atividade remunerada com carteira assinada durante, pelo menos, 30 dias em 2017, com o recebimento de até dois salários mínimos. Além disso, é necessário estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos. Confira, no tutorial a seguir, como consultar o PIS 2019 pelo app Caixa Trabalhador.

O pagamento vigente é referente ao ano de 2017 e está sendo realizado desde o ano passado, de acordo com o mês de nascimento de cada trabalhador. No último dia 17, começou a ser distribuído o benefício para os nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. Ainda neste ano, serão liberados os valores para os trabalhadores que nasceram entre março e junho. Todos têm até 28 de junho de 2019 para sacar o dinheiro. Veja o calendário completo ao final deste texto.

Passo 1. Baixe o aplicativo Caixa Trabalhador na página do TechTudo. Ao abrir o app, digite o número do CPF ou do NIS e selecione "Acessar". O aplicativo informará se você tem direito ao abono ou não;
Passo 2. Caso tenha direito, toque sobre a opção "PIS/ABONO SALARIAL" para ver detalhes do pagamento;
Passo 3. Para verificar o saldo a ser recebido, vá na opção "ver os valores" e informe sua senha de cadastro digital da Caixa. Caso não tenha, toque em "Cadastrar senha". Finalize em "Acessar";

*TechTudo

Veja também

Conta de luz terá cobrança extra em maio29/04 A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou que a bandeira tarifária no mês de maio vai ser amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Vale lembrar que desde dezembro do ano passado a bandeira tarifária estava verde em todo país, ou seja, sem a cobrança extra. Segundo a ANEEL, maio é o mês de início da......
Governo usa reserva e evita novo contingenciamento em ministérios22/05 Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil A equipe econômica usou parte de uma reserva de emergência criada no fim de março para evitar um novo contingenciamento (corte) no Orçamento. Segundo o Relatório......
Caixa reduz juros dos financiamentos imobiliários06/06 Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil Os mutuários da Caixa Econômica Federal vão contrair financiamentos para a casa própria com juros menores. O banco anunciou hoje (5) a redução dos juros do......

Voltar para Economia