Postado em 28 de Fevereiro às 14h46

Governo de Santa Catarina passa a ter certificação digital

A projeção do governador é economizar até R$ 29 milhões por ano com a digitalização dos processos e documentos. 

O Governo de Santa Catarina passa a contar, a partir desta quarta-feira, 27, com a certificação digital. Com o e-CNPJ, os documentos podem ser assinados digitalmente pelo governador Carlos Moisés, o primeiro da história a aderir à tecnologia. "Esta é a principal ferramenta do Governo sem Papel. O modelo digital traz segurança e agilidade na tramitação dos processos em todos os setores do Governo", afirmou o governador.

Florianópolis - O processo de certificação foi realizado na tarde de quarta-feira, na Casa D'Agronômica, pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), que é autoridade registradora apta a emitir o certificado. O técnico Secundino Lemos Neto fez a captura dos dados biométricos do governador, que é o representante legal do e-CNPJ do Governo do Estado.

De acordo com o presidente do Ciasc, coronel Sérgio Maliceski, o e-CNPJ serve como identidade visual para pessoas físicas e jurídicas garantirem a autenticidade e a segurança das transações e comunicações online. "O certificado digital existe para tornar nossa vida online mais fácil e segura. Para o governo do Estado de Santa Catarina, isso significa mais segurança e transparência na tramitação de processos administrativos, redução de custos e impressão, além de ganho de agilidade e eficiência nos negócios públicos", explica Maliceski.

Até o próximo dia ?2 de abril?, cerca de 800 mil processos e documentos que tramitam anualmente na estrutura administrativa do Executivo estadual estarão digitalizados. Servidores já estão sendo treinados para trabalhar com o novo modelo.

A projeção do governador é economizar até R$ 29 milhões por ano com a digitalização dos processos e documentos. O valor é equivalente ao investimento na reforma das pontes Colombo Machado Salles e Pedro Ivo Campos, em Florianópolis.

 

Veja também

Maldaner integra a Frente Parlamentar do Cooperativismo21/02 O sistema reúne mais de 13 milhões de associados em todo o Brasil, sendo hoje um importante fator de inclusão social e um dos setores de maior relevância no cenário econômico nacional. ...

Voltar para Economia