Postado em 14 de Janeiro às 09h28

Após “lay off”, todos os 1.100 funcionários afastados da BRF voltam à empresa

A partir de hoje, todos os 1.100 trabalhadores da BRF de Chapecó devem estar novamente ocupando suas funções.

Chapecó - A partir de hoje, todos os 1.100 trabalhadores da BRF de Chapecó devem estar novamente ocupando suas funções. O retorno foi gradativo, começou em dezembro do ano passado. Os funcionários afastados eram do setor de frangos. Eles estavam no sistema de “lay off” desde julho do ano passado - um afastamento do funcionário por um prazo determinado, em que ele continua à disposição da empresa.


Nesse período os funcionários receberam cerca de 80% do salário, pago pelo FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), e fizeram um curso de qualificação, estipulado no acordo. Com a retomada das atividades o gerente do setor de Aves da BRF em Chapecó, Luciano de Agostini garantiu que cada trabalhador retoma o mesmo posto de trabalho e com o mesmo salário, disse ainda que os funcionários voltam melhor preparados com o curso de qualificação.


No dia 28 de novembro após uma reunião com o gerente industrial da BRF, o prefeito de Chapecó Luciano Buligon ao receber formalmente a notícia da retomada dos trabalhos anunciou que a empresa tem a expectativa de contratar mais 700 funcionários em 2019.


(fonte: Darci Debona/NSC)

Veja também

Chapecó registra queda nas vendas de Natal09/01 Conforme indicado na pesquisa de Resultado de Vendas, os chapecoenses tiveram gasto médio de R$ 356,58 com o presente de Natal 2018. Esse valor registra queda sobre os R$ 375,44 gastos em 2017, ou seja, de R$ 18,86 a menos. ...
Maldaner integra a Frente Parlamentar do Cooperativismo21/02 O sistema reúne mais de 13 milhões de associados em todo o Brasil, sendo hoje um importante fator de inclusão social e um dos setores de maior relevância no cenário econômico nacional. ...

Voltar para Economia