Postado em 15 de Março às 09h46

Organização

JOIMARA (38)

Se há uma palavra que combina com administração pública é organização. Utilizada em primeiro lugar em qualquer situação, os reflexos das ações tem mais chance de darem certo, no entanto, é uma atitude pouco utilizada em certas prefeituras. Uma vez se imaginava que quanto mais pessoas cuidando de um departamento, mais organização teria, já que cada um poderia cuidar de alguma coisa, mas isso não foi sentido. Depois, percebeu-se que concentrar em uma única organização seria a alternativa, porém, em muitos casos também não é sentido. Então, qual a melhor receita para uma organização do serviço público?

Em Abelardo

O município de Abelardo Luz já demonstra estar no caminho certo no quesito organização. A cidade se prepara para mais uma data comemorativa, a Páscoa. A época pouco lembrada nos 14 municípios da Amai, tem decoração garantida em Abelardo Luz e Xaxim. Todos os anos se percebe o envolvimento dos servidores em trazer novidades na decoração da cidade, atraindo visitantes e, assim, movimentando o comércio local. Em Abelardo Luz os preparativos estão com a Árvore da Páscoa, onde serão colocadas milhares de casquinhas decoradas, além disso, entidades adotaram pontos da cidade para que ocorra uma decoração alusiva a data também.

E os vices
Seguindo a linha da organização, o que se pensar de gestores que não determinam funções para seus vice-prefeitos? Na região, dá para contar nos dedos quais vices assumiram alguma secretaria, diretoria ou trabalho dentro das prefeituras. Temos vices que simplesmente seguem o ritual de seus antecessores e só recebem o salário. Outros que discordam completamente do prefeito, o chefe maior, e não conseguem um consenso em nenhum tipo de assunto, culminando em racha entre ambos, que planejaram todo um plano de governo juntos. Até quando vamos escolher vice-prefeitos? Até quando serão vistos como meros artigos decorativos nos centros administrativos?

Residência médica
Agora, quando se tem objetivos, equipe engajada, representação e organização, vemos resultados como os que estão acontecendo com o Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê. Referência em cardiologia, com amplas e modernas instalações, passa a integrar agora a residência médica para alunos de duas instituições de graduação de Chapecó. O anúncio feito nessa semana traz a tona o quanto Xanxerê ainda será reconhecida pelo trabalho na área da medicina graças ao Hospital São Paulo. A residência médica é um degrau a mais para que a cidade possa ser reconhecida como a Cidade do Coração.

Aumento de furtos

A Campina vem sofrendo com o aumento significativo no furto de veículos. Todos os dias o relatório da Polícia Militar traz um novo caso. Os bandidos parecem nem escolher o modelo de veículo, mas sim aquele que estiver com maior facilidade de ser levado. Vale ressaltar que, por mais que a polícia informe a importância de não deixar o veículo aberto ou com a chave na ignição, ainda tem motorista que acredita morar no País das Maravilhas. É só perceber em qualquer rua da cidade como ainda se tem carros estacionados com vidros abertos porque o motorista foi até a farmácia, restaurante ou algo que possa parecer rápido, mas que se estiver sobre os holofotes de um bandido, será o tempo suficiente para a ocorrência.

Quer saber?
Nos próximos dias deveremos ter informações concretas e assinatura de contratos tanto de nova área para o Distrito Industrial de Xanxerê, quanto do terreno para construção do Eco Parque. Assim se espera, pois, por enquanto, as notícias são de que está tudo encaminhado, mas no papel ainda nada. 

Veja também

Da Redação: "De olho nas câmeras"23/11/18 Após grande número de pedidos da população, a câmara de vereadores de Xaxim solicitou à PM a quantidade de multas efetuadas através das câmeras de videomonitoramento no ano de 2018. Segundo o legislativo, parte da população afirma que as câmeras que teriam como objetivo auxiliar a Polícia em casos de crimes e passar a......

Voltar para Colunistas