Postado em 22 de Fevereiro de 2019 às 10h22

Doente em festa?

O mês seria de comemoração aos 65 anos de emancipação de Xanxerê, mas agradar a grande maioria não parece ser tarefa fácil. Se a administração não realiza nada, é porque falta competência, se realiza, é porque não vê as prioridades do município. A semana foi de divulgação da programação do aniversário, que para quem achava que não teria nada, terá até dois shows nacionais. Para registrar apenas um dos comentários contrários, cito o de um senhor que disse que quando uma pessoa está doente não se faz festa para comemorar, no caso, o doente seria Xanxerê.

Povo mostra
Na onda do “não temos nada para comemorar”, choveram vídeos de moradores de comunidades do interior, mostrando ao vivo e a cores as péssimas condições dos acessos às propriedades, que não há serviço de manutenção que resolva o problema, porque chove e o trabalho se vai todo embora. Impossível que não se encontre outra maneira de solucionar de vez o problema.

Otimismo, minha gente
Por outro lado, precisamos ser otimistas e pensar que sim, Xanxerê tem o que comemorar, apesar das dificuldades. Já vivemos tempos bem melhores, com motivos reais como inauguração de obras, aportes financeiros chegando, novas empresas dando emprego, mas os tempos vão mudando e, quem sabe, nos 66 anos tenhamos muitos outros motivos para comemorar.

Pato e o ginásio
Sim, boa parte dos xanxerenses esperava o anúncio da inauguração das obras de reconstrução do ginásio Ivo Sguissardi, derrubado pelo tornado ainda em 2015, mas parece que a agenda do time de Pato Branco, somada a falta de término das obras no ginásio, impossibilitaram a inauguração. Conforme o prefeito Avelino Menegolla, a inauguração deve acontecer sim, mas ainda sem dia e nem mês definido. É que a administração está buscando a visita do time de Pato Branco para um amistoso com os atletas do futsal de Xanxerê, para assim fazer uma inauguração em grande estilo.

Bolo da Flex

Depois da polêmica envolvendo o nome da empresa instalada no município, que gera quase mil empregos e anunciou na última semana a contratação de mais 100 funcionários, a Flex mostrou mais uma vez que está em Xanxerê para contribuir com o que puder. Assim, a administração fez questão de anunciar que o bolo em comemoração aos 65 anos da Campina será uma contribuição da empresa Flex.

Desfiliou
E o cenário político de Xaxim recebeu uma novidade nesta semana. O empresário Fábio Cordenonsi, que disputou o pleito na eleição municipal passada como candidato a prefeito pelo Partido Progressista, pediu desfiliação. A dúvida agora é para que sigla Cordenonsi vai levar sua força e representatividade?

Quer saber?
Usuários da Rua das Missões, no Centro de Xanxerê, pedem uma atenção do setor responsável da Prefeitura para a falta de faixa de pedestre no trecho, mais precisamente nas proximidades com a Rua Independência. Caso possam ser atendidos, ficam agradecidos.

Veja também

Telefone mudo29/03/19 Curiosidade de quem dá aquela espiadinha nas redes sociais foi encontrada em uma página pessoal do vice-prefeito Ivan Marques. O político postou a imagem de um telefone antigo, com um cadeado e a descrição: no meu tempo telefone bloqueado era assim! E mais, vocês duvidam que isso vai voltar? Bom, deixou nas linhas de investigações dos curiosos de plantão......
A imagem da semana01/03/19 Não foi a quantidade de público que assistiu o show de Teodoro e Sampaio, nem as máquinas em frente a Praça Tiradentes, mas sim, o corte do bolo dos 65 anos de Xanxerê. Especificamente quem faltou na foto! Não se pode......
Quem serão os candidatos em Cordilheira Alta?29/07/19 Chapa Única? Eu até não acreditei quando ouvi, mas há rumores nos bastidores da política de Cordilheira Alta em que se cogita a reedição da chapa única, ou seja, a manutenção do governo......

Voltar para Colunistas