Postado em 08 de Março às 10h18

Bloco do aumento

O Carnaval até pode ter passado, mas que a folia não parou na quarta-feira de Cinzas, tenham certeza. Na Campina, após divulgação da prestação de contas da administração, ficou evidenciado que medidas para reduzir o “buraco” que a Prefeitura está tendo que preencher com a iluminação pública, vão precisar ser tomadas. A informação é de que foi desembolsado R$ 1 milhão para completar o pagamento da iluminação pública do município. Aí o povo se pergunta: e a rua que está há meses às escuras, como fica?

Se tem que aumentar, aumenta
A administração já cogitava desde o ano passado que a taxa de iluminação pública precisava de um reajuste, pois já era evidente que com o que se arrecada não se paga o gasto. No entanto, vem tentando postergar, mas chegará um momento que a corda arrebenta, aí vem como uma avalanche, como aconteceu com a taxa do lixo, um aumento absurdo de uma hora para outra. Se não existe outro remédio - já diz o ditado - remediado está! Que se divulgue logo o reajuste, afinal, não vai dar para sustentar a conta por mais um ano de mandato.

Infeliz comentário
Prefeito Avelino Menegolla foi muito infeliz em seu pronunciamento de mais de dez minutos, durante coletiva sobre a reforma administrativa realizada na última semana. Como bem frisou, diz que aceita que critiquem a figura do prefeito, mas que não falem mal da cidade, então lá vai: Menegolla disse do seu jeito e maneira que não era admissível que uma criança ficasse em uma creche por 12 horas, que como é que a família não vai contar com um avô, avó, tios ou parentes que se possa deixar a criança, se referindo ao fechamento das creches mais cedo que o habitual. Ora prefeito, feliz do senhor e sua família que tem com quem contar para deixar filhos e netos, porque muita mãe não tem. E mais, precisa trabalhar pela manhã num lugar e a tarde em outro para conseguir manter as contas. Então, um pouco de empatia não faria mal. Se entende que não é o governo que tem que arcar com tudo sozinho, mas se tem condições e se até então vinha oferecendo o serviço, soa um tanto estranho querer cortar.

Merisio e o PSD

E o Oeste está perdendo cada vez mais a representatividade política de Gelson Merisio. É inegável que o político sempre pensou na região, trouxe recursos possíveis e abriu portas para várias cidades pequenas do Oeste, porém, após a derrota no pleito estadual, as notícias que chegam do oestino não são nada tranquilizadoras. Primeiro foi de que Merisio iria assumir cargo em Joinville, o que irritou muita gente do PSD, depois veio a decisão do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, de destituir o diretório do partido em Santa Catarina, o qual tem Merisio na presidência. Quem assumirá o partido será Raimundo Colombo. Nos bastidores já há rumores de que Merisio poderá mudar de partido após este episódio.

Capoeira tomando conta 

Reclamação rotineira de quem vive no interior do Estado. O mato anda tomando conta de muitos locais de Xanxerê. Chega a ser chato comentar toda vez, mas é impossível que não se tomem medidas drásticas para que os proprietários e órgãos responsáveis façam a roçada. Quem utiliza a marginal da BR 282, sentido à Femi, precisa redobrar a atenção com a capoeira que encontra pela frente. O mesmo é sentido em diversos canteiros centrais do centro e bairros.

Quer saber?
Pegou mal para a Prefeitura de Xanxerê parar seus serviços nos dias 04 e 05 desta semana, principalmente após lei polêmica que deixou de ser feriado municipal de Carnaval. Conforme decreto, não foi ponto facultativo, mas uma tal de compensação de horas devido os servidores terem trabalhado no Sábado Dia D da Saúde. O povo não entendeu bem a justificativa.

Veja também

Mensagem e convite Associação Espírita Chico Xavier02/09 "Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da Terra." - PAULO. (COLOSSENSES, 3:2.) O Cristianismo primitivo não desconhecia a necessidade da mente sã e iluminada de aspirações superiores, na vida daqueles que abraçam no Evangelho a renovação substancial. O trabalho de notáveis pensadores de hoje encontra......
Joimara Camilotti: Sobre danos aos patrimônios públicos23/11/18 Pra cair  Em pleno cruzamento entre as ruas Rui Barbosa e José de Miranda Ramos, no Centro de Xanxerê, eis que a placa de trânsito está prestes a cair. Pode ter sido ocasionada por um veículo que tenha se chocado, como......

Voltar para Colunistas