Postado em 18 de Março às 14h38

MP-BA notifica Google e WhatsApp para que removam imagens da boneca 'Momo' das redes sociais

Assim como ocorreu há alguns anos com o desafio da "Baleia Azul", criminoso utilizam vídeo da boneca Momo para tentar que crianças e adolescentes cometam delitos e até suicídio.

Bahia - O Ministério Público da Bahia (MP-BA) notificou o Google e o WhatsApp para que removam das redes sociais conteúdos que exibam imagens da Boneca Momo. A informação foi divulgada no site do MP-BA.
A boneca, que tem olhos esbugalhados, pele pálida e um sorriso sinistro, ficou famosa em diversos países, depois de ser disseminada em um vídeo.

Por conta da "fama" que a boneca ganhou, a personagem é utilizada por criminosos da internet para convencer crianças e jovens a aplicarem golpes, como roubos de dados e extorsão.

Na Bahia, a notificação ao Google e ao WhatsApp foi feita por meio do Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (Nucciber).

Em entrevista ao G1, o promotor Moacir Nascimento, que coordena o Nucciber, informou que, até o momento, não há casos registrados na Bahia de crianças ou adolescentes que cometeram algum delito por conta do vídeo.
Entretanto, o MP-BA resolveu instaurar procedimento, por conta da dimensão que o vídeo está tomando nas redes sociais.
"Houve ampla repercussão do vídeo e, como havia a possibilidade de repercussão na Bahia, foi instaurado o procedimento, para colheita de dados, provas, e a manifestação das empresas", afirmou o promotor.

"O vídeo está circulando em inglês e espanhol pelo WhatsApp. O que estamos buscando é que eles adotem providencias para que não seja mais compartilhado", acrescentou.

O pedido do MP-BA vai ao encontro de discussões realizadas em publicações especializadas no público infantil. De acordo com essas publicações, é importante que os responsáveis fiquem atentos aos vídeos consumidos pelas crianças, pois muitos deles começam com o conteúdo infantil normal, mas depois inserem a figura da boneca.

O caso da boneca Momo lembra o chamado "Jogo da Baleia Azul", uma corrente on-line de 2017 que teria levado mais de cem crianças ao suicídio (o número nunca foi confirmado). Assim como a "Momo" é japonesa, a "Baleia Azul" era russa. Se a "Momo" usa uma foto macabra, a "Baleia Azul" era uma série de desafios a serem realizados na madrugada.

Esses elementos contribuem para despertar interesse, o que faz a história ser mais divulgada, seja através das redes sociais ou da imprensa. Quem fica exposto a essa informação acaba tendo ainda mais interesse em interagir com uma "Momo", caso alguma apareça.

O promotor Moacir Nascimento, contudo, destaca que a responsabilidade maior sobre o conteúdo que chegam a crianças e adolescentes é dos pais.

"O problema é criança e adolescente de 12, 13 anos, com smartphone, usando a internet sem nenhuma supervisão de um adulto. A boneca não causa suicídio. O que leva ao suicídio é o distanciamento dos pais e responsáveis", finalizou.

(fonte:G1)

Veja também

Ponte Serrada divulga programação de aniversário de 61 anos15/07 O Prefeito Municipal de Ponte Serrada Alceu Alberto Wrubel, entregou oficialmente ao público através de um vídeo publicado nas redes sociais, a programação de aniversário do município. No dia 27 de julho, Ponte Serrada completará 61 anos de emancipação. As comemorações iniciam no próximo dia 20 de julho. Para comemorar a......
Deputada Caroline De Toni destina emenda ao HRSP15/07 A direção do Hospital Regional São Paulo (HRSP) recebeu na última sexta-feira (12) uma indicação de emenda no valor de R$ 300 mil, realizada pela deputada federal Caroline De Toni (PSL). O recurso, para custeio de......

Voltar para Cidades