Postado em 30 de Janeiro às 11h50

Divulgada data de pagamento do FGTS dos professores demitidos da Celer Faculdades

Sindicato acompanha demissões dos professores da Celer Faculdades

Xaxim/Xanxerê - O Sinproeste (Sindicato dos Professores do Oeste de Santa de Catarina) está acompanhando a situação dos professores da Celer Faculdades. Todos foram demitidos no final do ano passado e, após mediação, foi acordado que as homologações dos contratos de trabalho serão efetuadas no sindicato.

Duas audiências foram realizadas no Ministério Público do Trabalho (MPT), em Chapecó, a primeira no dia 10 e a segundo no dia 21 de janeiro. Na última, a direção do Sinproeste garantiu o pagamento dos salários do professores. Compareceram à audiência o diretor do Sinproeste, Sergio Scheffer, acompanho do assessor jurídico do sindicato, Erivelton Konfidera; o proprietário da Celer, Idacir Antonio Orso, acompanhado de seu advogado; e representante do sindicato dos técnicos administrativos.

Após o processo de mediação entre as partes, o MPT solicitou a liberação dos valores para o pagamento das verbas rescisórios dos professores e dos técnico-administrativos ao juiz do trabalho de Xanxerê. Esses valores serão repassados ao Sinproeste e ao sindicato dos técnicos, que efetuarão os pagamentos de forma individual para cada trabalhador.

Até esta quinta-feira (31), o Sinproeste deve efetuar o pagamento do FTGS aos professores e, na próxima semana, após a liberação dos demais valores, deve iniciar as homologações dos termos de rescisão dos contratos de trabalho, recebendo cada professor individualmente no sindicato, em Chapecó, e encaminhará o pagamento das demais verbas rescisórias.

Veja também

Voltar para Cidades