Postado em 14 de Dezembro de 2018 às 11h23

Alunos usam muro como tela e a arte como pedido de socorro a causa animal

120 estudantes participaram da atividade instigada pelo Grupo Bem Estar Animal.

Por Joimara S.Camilotti

Xanxerê – Traços, cores e formas, formam 15 painéis com muita simbologia e uma mensagem, proteção aos animais. A proposta apresentada a 120 alunos das turmas do matutino do Terceirão do Colégio Costa e Silva, está estampada no muro do colégio.


O projeto surgiu do Grupo do Bem Estar Animal, ainda no mês de outubro quando realizaram a Semana de Conscientização e Proteção Animal, que contou com palestras da Polícia Ambiental, Militar e Bombeiros. O resultado das informações precisava virar uma obra de arte a qual a professora e presidente do Grupo Bem Estar, Patrícia Fagundes, coordenou e propôs aos alunos que pintassem algo relacionado aos animais no muro da escola.


Durante a quinta-feira (13), os estudantes estavam finalizando as obras, que contam com cachorros, gatos, aves, suínos e bovinos, todos com muita cor e uma mensagem de cuidado e denuncia em casos de maus-tratos.


“O que podemos ver que aconteceu no muro é uma arte que veio do coração deles, a gente mexeu com eles e eles mostraram a forma que entenderam o assunto. Para nós é maravilhoso, porque não imaginamos que iria tomar uma dimensão tão grande e que eles iam absorver tanto essa ideia. Quando começaram a mexer com o assunto a gente viu que além de mexer com a arte, mexeu com o coração, ao mesmo tempo que estavam na rua pintando, muitas adoções de animais que passavam pelo local aconteceu. Vimos que nossa ação social teve efeito”, disse Patricia.


Para a aluna Luana Bueno, que terminava a pintura de um cão atrás das grades, o aprendizado foi sentido e transmitido. “Minha pintura representa os cuidados com os animais, o não maltratar eu não tinha contato com a pintura e pintar nesta proporção do desenho na parede foi difícil, mas o resultado eu não esperava que ficasse assim”, disse.
 

Veja também

Aqui a Fila Anda: Governo de Xaxim reúne pacientes para celebrar início do Mutirão de Cirurgias Ortopédicas de Coluna25/04 A espera acabou para 260 xaxinenses que aguardavam há anos na fila, alguns deles a uma década, por cirurgias de coluna que deveriam ser custeadas pelo Estado muito tempo antes, mas que nunca aconteceram. No final da tarde de ontem (24), reunidos no auditório da Câmara de Vereadores de Xaxim, o misto de ansiedade e alegria tomou conta dos pacientes, que ouviram seus nomes sendo anunciados......

Voltar para Cidades