Postado em 16 de Maio às 08h33

Alunos do SCFV já levam alimentos produzidos em hortas para consumo dentro de casa

Portal DX - O melhor da informação da Região Oeste de Santa Catarina Os estudantes envolvidos no projeto “Semeando conhecimentos”, que implantou hortas escolares em quatro polos do Serviço de Convivência e Fortalecimento...

Os estudantes envolvidos no projeto “Semeando conhecimentos”, que implantou hortas escolares em quatro polos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) em Passos Maia, já colhem os primeiros frutos. Alunos de polos do Centro, Taborda, Zumbi dos Palmares e Tozzo participam do cultivo das horas. A ação é conduzida pela Secretaria de Desenvolvimento Social do município.

Os estudantes começaram ainda em abril a levar para casa os resultados do próprio trabalho, consumindo em família os alimentos produzidos. Em um contato direto com o cultivo, além do aprendizado, os alunos contribuem na qualidade da alimentação familiar. “Estamos muito satisfeitos com os resultados já alcançados”, comemora a psicóloga Eliane Rigo Mezalira, autora do projeto.

Crianças a partir de seis anos até adolescentes de 14 estão envolvidos no cultivo das hortas. Até a colheita, os alunos acompanham desde a preparação do solo, semeadura, plantio, irrigação das mudas e manutenção dos canteiros.

O objetivo principal das hortas é fazer com que os estudantes fortaleçam o hábito de inserir alimentos, como hortaliças e legumes, na alimentação diária, além da construção e cultivo de hortas nas próprias residências. Eles inclusive levam mudas para o plantio em canteiros construídos em Passos Maia, já colhe os primeiros frutos casa.

“Reforçamos também conhecimentos sobre as principais hortaliças que cultivamos em nossa região, época de semeadura, tempo de germinação e colheita”, complementa Eliane.

Veja também

Primeiro paciente com dengue em Xaxim recebeu tratamento e passa bem24/04 A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE-SC) confirmou nesta quarta-feira (24) o primeiro caso de dengue em Xaxim. Trata-se de um homem, de 41 anos, que teria contraído a doença no litoral do Estado.  A diretora da Vigilância Epidemiológica de Xaxim, Elizete de Souza, enfatiza que o paciente não adquiriu a doença no......

Voltar para Cidades